segunda-feira, 7 de novembro de 2011

A diferença entre umidade e rega


Qual a importância da umidade para as orquídeas?

Quando falamos de cultivo de orquídeas um termo muito comum é “umidade”.

Umidade não quer dizer a quantidade de rega que damos à orquídea e sim a umidade presente no ar no ambiente em que elas estão sendo cultivadas.

Como muitas orquídeas são originárias de florestas tropicais, com alta umidade atmosférica, cultivá-las em ambiente com ar muito seco, pode prejudicar não só sua floração como o próprio crescimento da orquídea. O ar seco favorece a desidratação da planta, que é aparente nas folhas e até mesmo nas flores (que podem secar antes de abrir). Além de, facilitar o ataque de pragas e doenças.

Para evitar que isso aconteça, precisamos, nos dias mais quentes e locais mais secos, aumentar a umidade desse ambiente.


Isso pode ser feito de diversas formas:

Com aparelhos de irrigação que funcionam como nebulizadores;
Borrifando levemente água nas folhas das orquídeas (sempre no início da manhã);
Molhando o chão do local onde as orquídeas ficam (conforme a água for evaporando irá aumentando a umidade do ambiente).



Para quem optar por borrifar água diretamente nas plantas precisa ficar atento a alguns cuidados:
Use o borrifador na saída de água mais fina;
O horário é fundamental. É indicado sempre o início da manhã para que durante o dia a orquídea possa se secar completamente antes da noite chegar;
Nunca deixe água acumulada nas axilas das orquídeas, o que é comum no gênero Phalaenopsis;
Use água em temperatura ambiente para evitar o choque-térmico.


Lembrando que umidificar não está relacionado a regar a planta.

Fazendo uma comparação grotesca, pense como fica o banheiro após você tomar um banho quente. Você consegue perceber a umidade presente no ar, onde fica uma leve névoa. Também se percebe pelo espelho, que fica embaçado. Só que o chão fica seco.

Isso é umidificar, é deixar o ar úmido. Quando usamos água em temperatura ambiente, acaba refrescando e diminuindo a temperatura do espaço onde as orquídeas são cultivadas.

Umidificar o ambiente não substitui a rega. São duas coisas distintas. A rega deverá ser realizada sempre que o substrato estiver seco ou quase seco, de acordo com a necessidade do gênero e da espécie.

Vale ressaltar que o ambiente muito úmido também pode facilitar o ataque de fungos. Por isso é importante cultivar orquídeas em locais em que haja arejamento, aberturas ou janelas para que o ar possa circular e ser renovado naturalmente.



O segredo do cultivo de orquídea está no equilíbrio.

12 comentários:

  1. Cyntia!
    Muito útil este post! Vou aderir a esta sugestão de deixar o chão molhado de manhazinha, pois não tenho tempo de borrifar água em todas minhas meninas.
    Boa semana! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Adoro quando vocês comentam e gostam!!!
    Beijos, Cynthia

    ResponderExcluir
  3. muito bem explicado e oportuno, entendi tudinho!!!!!

    ResponderExcluir
  4. ameiaexplicaçaoobrigadapeloensinamento

    ResponderExcluir
  5. amei asexplicaçoes abraços

    ResponderExcluir
  6. oi mocinha, você e nota 10. Explica de uma forma tão simples que quando eu leio, parece que estou conversando pessoalmente com você. Parabéns pelo Blog, parabéns por tudo que aprendo aqui no seu cantinho.... um grande abraço.

    ResponderExcluir
  7. Olá Cynthia!! Parabéns pelo blog!! Também sou apaixonada por orquídeas e estou começando a montar minha coleção... estou atualmente com uma mini phalenopsis, uma chuva de ouro e uma orquídea chocolate floridas, e tenho uma grande dúvida... posso regá-las enquanto estão dando flor? Ouvi dizer que as flores caem quando regamos.. me ajude por favor! Não quero que as flores caiam! rs!
    Obrigada e parabéns pelo blog! Amei!

    ResponderExcluir
  8. Cynthia menina ñ canso d ler seu blog sempre aprendo algo novo tm 1 duvida e as bbs da arvore cmo faz moro no df aq a umidade cheda 16 at 12% no verao e at no inverno cmo faço p mant umidade dos meus bbs? Bjuzao lindona

    ResponderExcluir
  9. Cynthia, comecei a te seguir no blog e estou achando muito informativo. Parabéns pelo conteúdo. Minhas orquídeas agradecem.

    ResponderExcluir