quinta-feira, 22 de março de 2012

Qual o melhor vaso? Acerte na escolha!!!

Muitas pessoas me escrevem com dúvidas na hora de escolher o vaso para plantar suas orquídeas.
No mercado, existem diversas opções à venda. Os mais comuns são: de barro,  de plástico transparente, de  plástico em cores ou caixas de madeira, conhecidas como cachepôs.





Com tantas opções? Como saber qual é a melhor escolha?
Bom, pela minha experiência, digo que, a escolha do vaso dependerá, principalmente,  de quatro fatores:
- Espécie cultivada;
- Clima da região;
- Substrato utilizado;
- Tempo disponível;




Qual o melhor?
Todos os vasos citados, são indicados para orquídeas e, cada um tem suas vantagens e desvantagens.
Nesta postagem, vou tentar explorar ao máximo cada material, para que você,  leitor do blog, escolha aquele que mais se adapta ao seu cultivo, ou seja, o que é melhor para você!

Antes de começar esta postagem, ressalto que, é importante conhecer o ambiente do local onde cultivamos as nossas orquídeas e, na hora da escolha, leve em consideração a sua disponibilidade para molhar suas plantas.
Lembre-se que, quanto maior o número de orquídeas, maior o tempo de dedicação a elas.



UMIDADE:
Os vasos de plástico retém mais umidade que os vasos de barros e que os cachepôs de madeira.
Se você não tem muito tempo para molhar suas plantas, opte pelo plástico, mas se é daqueles que adora aguar o jardim, escolha o vaso de barro ou os cachepôs.
Os vasos de barro e os cachepôs secam muito mais rápido. Portanto, deverão receber mais rega.
Lembrando que, a orquídea não deverá ficar encharcada e tão pouco deverá sofrer estiagem de umidade. O equilíbrio é fundamental para o sucesso no cultivo.

CLIMA:
Em regiões chuvosas, em que a orquídea fique ao tempo, sem proteção da chuva, o vaso de barro e o cachepô são mais recomendados, exatamente por secarem mais rápido que o de plástico.
Já em regiões de climas secos e quentes, o vaso de plástico vai bem, pois mantém a umidade por mais tempo e evita o trabalho da constante rega.

HIGIENE:
Antes de trocar de vaso, ou utilizá-lo pela primeira vez, é importante esterelizá-lo e limpá-lo bem.
Este é um outro fator para a escolha do vaso.
Vasos de plástico são mais fáceis de reutilizar. Basta lavá-los com água e uma solução de sabão, cloro e água, para que possa plantar o seu exemplar.
Já os cachepôs e os de barro, precisam de uma atenção maior, pois, por terem poros, precisam ser bem esterelizados, evitando que fungos e bactérias que tenham se alojado, passem para a orquídea a ser plantada. 
Para higienizar estes materiais, utilize uma solução de água com cloro, esfregue bem o vaso e lave abundantemente. Depois, deixe-o secar ao sol, de cabeça para baixo, por 24 horas.
Vale ressaltar que, esta preocupação será somente na hora de replantar a sua orquídea. Depois de plantada, não haverá necessidade de esterelizar antes do replantio, que ocorre anualmente ou a cada dois anos.
OBS: Você pode usar uma proporção de 2 a 3 colheres de sopa de cloro ou água sanitária por litro de água.
Quanto ao sabão, no vaso de plástico, pode esfregar uma buchinha de lavar louça com detergente ou sabão em barra, no vaso e depois de enxaguar, passar a água com cloro.

 HIDRATAÇÃO:
O vaso de plástico e os cachepôs ganham na praticidade, pois, depois de limpos, poderão receber imediatamente a sua orquídea.
Já os vasos de barro, deverão ficar imersos na água por alguns minutos, para que fiquem úmidos, assim, você evitará que ele retire a umidade da sua orquídea após replantá-la.

 BELEZA:
Particularmente acho os vasos de barro mais charmosos e mais naturais, mas no cultivo de Phalaenopsis, sempre opto pelo de plástico transparente e nas Vandas, sempre pelo cachepô sem substrato.

PROTEÇÃO DE QUEDAS:
Vasos de plástico precisam receber pedra brita (esterelizada) no fundo para garantir um peso que evitará que sua orquídea tombe ao menor movimento ou a um possível vento mais forte.
Evitar a queda da orquídea é importante, pois além de quebrar folhas, com a queda, o substrato pode se soltar e abalar o apoio das raízes.
Os vasos de barro, pelo seu peso, não precisam receber pedra brita, apenas o substrato escolhido, e você não correrá o risco dele cair.
Os cachepôs, ao serem pendurados, deverão ficar bem firmes, para evitar que ao toque, ao vento ou a chuva, despenquem com a planta.

GÊNERO:

Phalaenopsis: Gosta de umidade e faz fotossíntese pelas raízes. Vasos transparentes são recomendados. Se seu clima é muito chuvoso e úmido, faça furos em toda a lateral do vaso para facilitar a secagem.

Cattleya: Vai bem em vasos de plástico, cachepôs e vasos de barro.

Dendrobium e Oncidium: Pode ser cultivada em qualquer vaso, mas aprecia s de plástico. Não é comum o uso de cachepôs. Para estes gêneros, o ideal mesmo é o cultivo em árvores ou troncos secos.

Vanda, Renantheras e Ascocendas:  O ideal é o cultivo no cachepô. Dispensa substrato!

Quanto ao cultivo em vasos de fibra de coco, particularmente, não o faço, portanto, não posso orientar e expor minhas experiências.

109 comentários:

  1. Parabéns pelas postagens, as mesmas são de grande valia, estou começando agora a cultivar orquideas e encontrei literaturas um tanto quanto "turvas" por assim dizer, e vc consegue discorrer sobre as orquideas com maestria e com um uso de vocábulo bem simples e claro, muito obrigado! Parabéns! Vinícius

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vinícius, obrigada pelo carinho.
      Encontrei mt dificuldade no começo, pois nem sempre as pessoas tinham didática para ensinar e como já fazia aquilo por mt tempo, acabavam não detalhando algumas coisas que um iniciante realmente precisa saber.
      Procurei fazer isso aqui no blog.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
    2. Obrigado aprendo muito com vcs. Vou começar a comprar minhas orquídeas agora, pois até agora sempre quis mas não deu. Compro uma por mês um abraço.

      Excluir
  2. Parabéns pelo site! Gostaria de saber se estão indicados aqueles vasos de fibra de coco. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem gente que usa e aprova. Eu não tive mt sorte.
      O segredo é deixar o vaso de molho (imerso) na água por alguns dias. Assim as fibras ficam mais flexíveis.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  3. muito valiosas suas instruçoes,pde me dizer onde encontro o tal pau-de-barro que nunca vi a venda em loja

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu só vejo vendendo mais em cidades do interior. Aqui no Rio, é mais fácil encontrar em Itaboraí, pois lá tem fábricas de vasos de barro.
      Qd vc passar em frente a uma lojinha de vasos de barro lá deve ter, ou às vezes eles aceitam encomendas.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  4. Vasos de fibra de coco são resinados e contém uma substância chamada tanino que faz muito mal às orquídeas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flávia, alguns sim!
      Bons produtores não usam resina com tanino.
      De qq forma sempre recomendo um banho de imersão por uma semana, trocando a água a cada dia.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  5. Cintia menina linda gostaria de saber posso colocar todas orqdeas sob arvores moro no Df aq muito qnt eseco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elisabete, pode colocar qq uma que não seja plantada em terra ou pedra.
      Como aí é muito seco, vc vai ter que regá-la todos os dias e quem sabe até duas vezes no dia. Orquídeas gostam de umidade.
      Ajuda tb plantar bromélias abaixo das orquídeas.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  6. Gostaria da saber se vaso de vidro é indicado para Phalaenopsis?
    Pois eu ganhei uma,e não sei como cultivar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vaso de vidro é um cachepô. Eles são usados para decoração e não para cultivo.
      Como não tem furo para deixar a água escorrer, acaba retendo água no fundo o que certamente, com o tempo, matará a sua orquídea.
      Troque por um vaso de cerâmica ou plástico (meus preferidos)
      Bjs, Cynthia

      Excluir
    2. Olá Cynthia td bem?
      tenho algumas orquídeas Phalaenopsis que são cultivadas em vaso de cerâmica há +ou- um ano e meio, tenho observado que o substrato esta retendo água, custa a secar, e ás vezes sinto cheio de mofo, será q devo trocar de vaso? esta troca deve ser feita todo o ano? tenho outras espécies como oncidium e Cattleya, elas tb devem ser trocas de vãos todo ano?
      beijos!

      Roberta

      Excluir
    3. Roberta, desculpe a demora na resposta, mas como falei aqui no blog, estava offline por motivos de saúde.
      Como elas estão?
      Pelo que você relatou é substrato velho. A troca deve ser feita mais ou menos a cada 2-3 anos. Isso vale para a maioria das orquídeas, salvo as que gostam de substrato ácido (mais incomum), como é o caso da Paphiopedilum delenatii.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  7. Muito Bom, bem explicativo para iniciantes como eu,

    Abraços

    Vandervan Bessa

    ResponderExcluir
  8. Cynthia, eu ganhei umas orquídeas lindas que duraram um mês e meio com floração, mas vieram em vasos de plásticos que não são bonitos. Comprei então dois vaso de barro, mas eles não tem furos e mesmo assim eu fiz o replante, coloquei o substrato de pinus no fundo e ao redor de toda ela. Li também que devo salpicar pó de canela no substrato para que venham novas mudas e floração. Fiz certo sobre a escolha do vaso e os processos de replante?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O vaso precisa ter furos, pois do contrário as raízes apodreceram.
      A canela só induz a floração naquelas orquídeas Phalaenopsis que terminaram a floração, mas ainda tem haste floral.
      Troque de vaso urgente!!
      Bjs e boa sorte!

      Excluir
  9. Oi Cynthia!
    Tenho uma mudinha de Vanda e um vaso de madeira, como faz para afixá-la no vaso já que ela dispensa o substrato?
    Obrigada!
    bjs Jane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jane, é só encaixar mesmo. Como tem raízes fartas, a própria raiz pode ser encaixada no vaso. Se quiser, pode colocar pedra brita número 1.
      Beijos, Cynthia

      OBS: Desculpe-me pela demora na resposta.

      Excluir
  10. A vantagem do vaso de plástico transparente é poder ver bem se o substrato está seco ou úmido. O uso do vaso de plástico transparente é contra indicado para alguma espécie?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é que seja contra indicado, mas como ele não tem poros, retém mais umidade.
      espécie que apreciam ambientes mais secos, ou não toleram umidade excessiva, tendem a ir melhor com o vaso de barro, por exemplo.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  11. Olá Cinthya hoje plantei 03 vasos de flor de Maio. Como sou leiga e estou começando agora a cultivar plantinhas, fiquei muito ma dúvida qto ao vaso correto... Escolhi vaso de barro alto (para ficarem pendentes) coloquei cascalho, areia no fundo, depois terra vegetal misturada com extratos de pinos... Será que vai dar certo? De quanto ém quanto tempo devo agoar e qual adubo usar? Bjs, parabéns pelo trabalho e boa Noite!!! Maria José. Ah na minha casa venta d+ e faz muito calor!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ihhh, Maria José.
      Flor de maio não é minha especialidade. Desculpe-me. Já tentou ver no site o jardineiro?
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  12. Olá!

    Gostaria de parabenizar por todo carinho, dedicação e atenção, tanto com os leitores, quanto com as lindas orquídeas!

    Eu sempre fui apaixonada por plantas e flores, mas tbm, nunca soube como cuidar... elas sempre morriam, até os cactos que tive. Acho que nunca foi falta de cuidado, mas sim, cuidado demais!!! rs

    Há menos de um mês, ganhei de aniversário uma orquídea (a Phalaenopsis - aprendi com vc!) e dois botõezinhos abriram, coisa mais linda! Só que as flores já estão secando e caindo... fiquei bem triste, mas, de acordo com suas explicações, é normal e, por incrível que pareça, estou cuidando direitinho! Vaso transparente, umidade controlada, não muita exposição ao sol... enfim, estou bem animada agora!

    A partir de hoje, estarei acompanhando o Blog e fico grata por toda sua dedicação! Com certeza, está auxiliando muitas pessoas a cuidar de suas lindas orquídeas!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deborah, obrigada pelo carinho!
      Sinto só estar respondendo agora, mas como falei aqui no blog, fui forçada a ficar offline por problemas de saúde. Estou começando a retornar e tentando responder a todos os comentários.

      Sem contar as postagens, né? Se fico muito tempo sem escrever todo mundo começa a cobrar nas redes sociais. rsss

      Pelo que vi está fazendo tudo direitinho, mas se precisar de alguma orientação, pode me procurar. Também estou no google plus, o link está lá em cima, perto do meu nome.

      beijos, Cynthia

      Excluir
  13. Acabo de descobrir o seu blog e estou maravilhada.É muito bom ter um espaço onde podemos expor nossas dúvidas e obter soluções.Gostaria de parabenizá-la pelo excelente trabalho!Adorei o seu blog. Evania, Porteirinha-MG.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava dodói, mas já estou de volta!
      Tem matéria nova sobre orquídeas aqui no blog. Não deixe de ler...
      Beijos, Cynthia

      Excluir
  14. Gostei do seu blog, está de parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava dodói, mas já estou de volta!
      Tem matéria nova sobre orquídeas aqui no blog. Não deixe de ler...
      Beijos, Cynthia

      Excluir
  15. Tenho uma phalenopsis há quase dois anos, e nunca troquei o vaso em que ela veio (de plástico transparente). No entanto, o vaso está ressecando e rachando, e as raízes estão saindo do vaso (tanto por cima quanto pelos furos em baixo). Devo trocá-lo? Tenho medo de lidar com as raízes que estão saindo por baixo e danificá-las! Queria tb trocar por um vaso de outro material mais bonitinho... E estive pensando em pendurar o vaso (até agora deixei no chão), há algum material mais recomendado nesse caso? Obrigada, e parabéns pelo site!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tamires,
      O melhor vaso para a Phal é o transparente. A troca só deve ser feita se o vaso estiver quebradiço. Fora isso, nunca mude-a de vaso.
      Recomendo deixar o vaso pendurado para evitar acúmulo de água em baixo dele e tb ataque de lesmas e caracóis (que adoram Phal).
      Para facilitar a retirada das raízes. Deixe o vaso completamente imerso na água por uns 30 minutos (se quiser pode colocar adubo nessa água). Isso fará com que as raízes fiquem mais flexíveis, mas sempre uma ou outra vai acabar sendo machucada.
      É assim mesmo!
      Bjs e boa sorte!

      Excluir
  16. E a Cymbidium? Que tipo de vaso gosta? A minha está num de plástico, mas ele não retem umidade e sinto que ela está seca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata,
      Geralmente elas já vem plantadas nos vasos certos. Em geral são arredondados e bem compridos (para as raízes teres espaço para se desenvolverem), mas vc tb pode optar pelo vaso de cerâmica. Só que este seca mais rápido.
      Cuidado q nenhuma orquídea gosta de ficar encharcada, elas precisam secar entre as regas, para arejar as raízes.
      Bjs e boa sorte no cultivo!

      Excluir
  17. Olá Cynthia td bem?
    tenho algumas orquídeas Phalaenopsis que são cultivadas em vaso de cerâmica há +ou- um ano e meio, tenho observado que o substrato esta retendo água, custa a secar, e ás vezes sinto cheio de mofo, será q devo trocar de vaso? esta troca deve ser feita todo o ano? tenho outras espécies como oncidium e Cattleya, elas tb devem ser trocas de vãos todo ano?
    beijos!

    Roberta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode se trocar a cada 2 ou 3 anos, mas se vc sentem que está mais poroso e retendo mais água, é hora de trocar.
      Além do excesso de umidade, o substrato tb fica mais ácido e isso prejudica as raízes das orquídeas.
      Pode usar o mesmo vaso, só esterelize antes.
      Bjs, Cynthia.

      Excluir
  18. Bom dia Cynthia, estou cultivando uma phalaenopsis em um vaso de plástico na cor verde escuro, o mesmo só tem furos em baixo, o que vc sugere, um vaso de plástico transparente ou poderia ser um vaso de cerâmica todo furado? ou o que está resolva?

    Desde já agradeço sua atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eduardo,
      Phal gosta bastante de vasos transparentes, por isso, é muito usado no cultivo.
      Minha tia cultiva as suas me vaso de barro com furos no fundo e laterais e suas orquídeas se adaptaram bem.
      Se sua Phal veio no vaso verde, e está bonita, provavelmente j;a se adaptou a ele. Então, não precisa trocar.
      Se mesmo assim preferir, eu colocaria no transparente, pois o de barro exige mais regas e com meu dia-a-dia atarefado, não dá para fazer rega diária (moro em local mt quente).
      Boa sorte no seu cultivo!
      :-)

      Excluir
  19. Olá Cyntia, tudo bem? Tenho algumas Cattleyas, que já são adultas, replantei-as para casca de Ypê, uma árvore que o vento derrubou na rua da minha casa, são cascas bem grossas. E coloquei espuma ou ataduras para segurar o substrato e deixarem úmidas mais tempo e também coloquei adubo enraizador, fiz certo? Em quanto tempo elas voltam a florir? Gostaria de vê-las florir novamente, o que mais preciso fazer?. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandra, elas agarraram melhor a casca se não tiver substrato. A esponja pode reter muita umidade. Nunca usei, mas acho q pode não dar certo.
      Quanto ao esparadrapo, ele não é ideal!
      As raízes precisam ventilar e ele impedirá isso.
      Por ser impermeabilizante, pode prejudicar também as raízes a retirarem a umidade do ar.
      Amarre-as com fitilho grosso, pois não estrangulam as raízes.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  20. oi cyntia coloque minha palaenopolis en pedras carvao e telhas quedradas elas pegaran fungos coloque canela sera que vao more

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Difícil saber sem ver a foto.
      Publique a foto da sua orquídea em algum perfil pessoal (instagram, facebook, g+...) e mande o link por aqui. É só colar o link de atalho da foto em resposta a este comentário.
      Outra coisa, você escolheu dois substratos que secam rapidamente. Se o clima no seu bairro é de muita umidade, ok, mas do contrário, precisará de mais regas.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  21. Olá Cynthia Blanco, tenho uma phalaenopsis roxa ha mais de 2 anos.. ela veio plantada em um vaso de plastico, depois que as flores cairam replantei-a em um xaxim de côco. Reparei que quando regava ela estava ficando encharcada então fiz um furos nesse vaso.. Há uns 6 meses começaram a nascer uns fungos ( como se fossem cogumelos) no substrato perto das raizes. O que faço para acabar com esses fungos? Devo trocar de vaso mesmo ela estando em periodo de afloração?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Magda,
      Que curioso, nunca tinha ouvido falar de cogumelos no substrato. É comum musgo, mas essa é novidade para mim.
      Se for cogumelo mesmo, basta arrancar um a um.
      O único problema que acho que ele pode trazer é roubar nutrientes do vaso, mas acho que nada mais além disso.
      Fiquei preocupada com o encharcamento do coco. O ideal é que no período de calor a orquídea demore de 2-4 dias para o substrato secar. No inverno em torno de 1 semana. Se demora mais que isso, pode prejudicar as raízes.
      Você agiu corretamente em aumentar a quantidade de furos. Veja se foi o suficiente.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
    2. Muito obrigada Cynthia pelas dicas. É bom saber que temos pessoas especializadas na internet na qual podemos confiar como você. Alem da dúvida que lhe escrevi, consegui esclarecer várias outras através do blog.
      Parabéns !!!!

      Excluir
    3. Magda, muito obrigada pelo seu carinho!
      Que bom que meu blog tem sido útil!
      Bjs, Cynthia.

      Excluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  23. Olá Cynthia, queria saber se posso postar uma foto da orquidea pra vc conferir se realmente são apenas fungos ou se pode ser alguma coisa mais séria. Estou com receio de que a orquídea venha a morrer e gosto muito dela. Depois desses "cogumelo" começaram a aparecer umas manchas estranhas na folhagem. Tenho a impressão de que seja o xaxim.. ou uma terra vegetal que coloquei no vaso.. não sei bem o que pode ter acontecido. Desde já agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Magda, dependendo do gênero não se usa terra vegetal.
      É importante que eu veja a foto sim, só assim poderei lhe explicar melhor.
      Publique no facebook (com privacidade pública), instagram ou google plus.
      Depois cole o link aqui em resposta.
      Aguardo vc.
      Beijos, Cynthia

      Excluir
    2. Bom dia Cynthia, postei a foto da orquídea no Google Plus no seguinte link
      https://plus.google.com/u/0/
      compartilhei as fotos com você também, porque sou nova no google plus e não sei usar a conta por completo ainda. A orquídea é uma Plalaenopsis e está em período de floração. Já abriram 3 botoes e tem mais para serem abertos. Acho que ela está com fungo também porque li o seu guia de Phalaenopsis e vi que folhas amareladas ou com tons de castanhos são fungos, porem estou com medo de bater o fungicida e as flores cairem. O que eu faço?
      Desde já agradeço.

      Excluir
    3. Magda,
      Respondi nos links abaixo:
      https://plus.google.com/photos/108720719699078359015/albums/6017701494499415761/6017701496200768098?pid=6017701496200768098&oid=108720719699078359015&authkey=CPv7_6q54vWtzAE
      https://plus.google.com/photos/108720719699078359015/albums/6017701494499415761/6017701589239812034?authkey=CPv7_6q54vWtzAE&pid=6017701589239812034&oid=108720719699078359015
      Bjs, Cynthia

      Excluir
    4. Obrigada Cynthia mais uma vez pela ajuda, foi de grande importância.
      Bjos

      Excluir
    5. :)
      Fico feliz em ajudar!
      Bjs, Cynthia

      Excluir
    6. Magda, estava dodói, mas já estou de volta!
      Tem matéria nova sobre orquídeas aqui no blog. Não deixe de ler...
      Beijos, Cynthia

      Excluir
  24. Olá Cynthia, parabéns pelo seu blog, descobri por aqui muitas informações importantes sobre orquídeas e fiquei maravilhada! Sou iniciante, ganhei 4 mudinhas de Sharry Baby e já estou amando-as loucamente! Gostaria de replantá-las já que o vasinho é minúsculo e elas estão grandinhas, qual o melhor vaso, plástico ou barro? Tem uma lojinha perto da minha casa que tem pó de xaxim, casca de pinus, esses dois itens são suficientes? Devo usar mais alguma coisa? Obrigada e um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vera Lúcia,
      Obrigada pelo carinho!
      A Sharry Baby gosta de ficar apertadinha mesmo. Deixe-a no vaso pequeno que não haverá risco de apodrecer as raízes.
      Leia esta postagem para você entender melhor:
      http://cynthiablanco.blogspot.com.br/2012/02/quando-e-hora-de-trocar-de-vaso.html

      É pó de xaxim ou de fibra de coco? Existe uma grande diferença!
      Aconselho, se for xaxim, fazer uma mistura de xaxim + musgo esfagno + casca de pinus os três em partes iguais. é Só misturar bem. Depois acrescente alguns pedacinhos pequenos de carvão vegetal virgem.
      O musgo sfagno (sphagnum) ajudará a manter a umidade, pq mudas consomem mais água do que plantas adultas.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  25. Ola tdo bem? Eu tenho 2 orquideas e qdo as flores delas cairam eu "quebrei" a haste e nao cortei como vc fala. E uma delas esta com as folhas murchas e raizes parecem que apodreceram, pois nao havia percebido que o pratinho estava cheio de agua. Sera que tem alguma solucao? e a outra esta bonita mas nunca deu flores novamente, tem apenas 3 folhas devo trocar de vaso? Ha e moro na Irlanda e o clima e bem frio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal! É a primeira mensagem que recebo da Irlanda!
      Adorei!

      Primeira dica...
      Nunca deixe pratinhos embaixo do vaso, pois ele acumula água e é fundamental para a saúde das orquídeas que as raízes se sequem entre uma rega e outra.

      Fique tranquilo! Tem solução sim!
      Tire a orquídea do vaso.
      Retire todo o substrato, deixando as raízes à mostra. Deixe as assim por alguns dias, até que se sequem completamente.
      Não molhe, não borrife água, nada! '
      Deixe-a quietinha por 5 dias.
      As raízes precisam estar livres de substratos e exposta para que a suave brisa do vento ajude a deixá-las secas.
      Não deixe a orquídea no sol! Escolha um lugar com sombra, mas que tenha ventilação.
      Passado 5 dias ela já deverá estar com as raízes secas.

      Agora, antes de replantá-la no mesmo vaso, aconselho que deixe-a mais tempo assim e diariamente borrife água com enraizador ou adubo de raiz ou hormônio de crescimento.
      Não sei se aí tem superthrive, se tiver é ótimo! Coloque 3 gotas em 1/2 litro (500ml) de água e pulverize, molhando bem as raízes.
      Aplique dia-sim, dia-não. Para que elas tenham uma pausa de 1 dia para ventilar.

      Faça isso por mais ou menos 1 mês. Nesse tempo ela já deve dar sinais de raízes novas. Mesmo que não aconteça, fique tranquilo!

      Agora que ela já ficou um bom tempo arejando e recebendo doses homeopáticas de suplementos e nutrientes, retire o excesso de raízes. É só cortar com uma tesoura esterelizada.
      Retire apenas as raízes escuras, mantenha as raízes verdes e brancas (pois são raízes ativas e sadias).
      Deixe-a de molho na água com hormônio ou adubo de raízes, por 30 minutos.
      Agora é só deixar novamente as raízes expostas para se secarem, aproveite para pulverizar canela em pó (que é um protetor natural contra fungos), em todas as raízes, pois como você cortou, abriu uma porta para a entrada de doenças.

      No dia seguinte ela já deverá estar sequinha. Então agora é só replantar no vaso.
      Prontinho!
      Tire o pratinho que você deixava embaixo do vaso.
      Molhe sempre que o substrato estiver seco, para evitar que ela fique muito tempo molhada e acabe perdendo novamente as raízes.

      Beijos do Brasil,
      Cynthia.

      Excluir
  26. Olá. Moro em Portugal e tenho algumas phalaenopsis e quando a haste começa a florir, muitos dos botões ficam amarelos não abrem e caem. Porque será? As minhas orquídeas não têm pratos da água. Rego-as e deixo a água escorrer. Algumas plantas apanharam cochonilha e está difícil eliminar este fungo. A minha preocupação é os botões amarelos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Catarina,
      Pode ser um monte de coisas...
      Pode ser frio que ela esteja pegando, mudança de ambiente (se por acaso você trocou o vaso de lugar), estar em local muito abafado ou com pouca ventilação, cochonilhas...
      Quando os botões amarelam é sinal de que algo está errado.
      Para tratar as cochonilhas, o melhor é pegar um cotonete e molhar em óleo mineral. Passe nas cochonilhas que isso vai matá-las por sufocamento.
      É importante trocar o substrato, pois cochonilhas tb atacam raízes e podem estar lá e de vez enquanto sobem para as folhas, por isso você tem a impressão de não estar conseguindo acabar com elas.
      Jogue fora o substrato, lave bem as raízes e passe óleo mineral em toda a planta. No fim molhe com água para o óleo espalhar melhor. Isso deve resolver.

      Como é o ambiente que ela está?
      Beijos, Cynthia.

      Excluir
  27. Cynthia, parabéns pelo trabalho!
    Estou com a seguinte dúvida: tenho uma phalaenopsis plantada num vaso plástico transparente. Posso usar um cachepô que não seja transparente? Ou seja, posso esconder as raízes?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Weverton,
      Teoricamente sim!
      Apenas se for Phalaenopsis, aconselho a manter no vaso de plástico, ou deixar algumas raízes no cachepô expostas.
      Isso pq a Phal tb faz fotossíntese pelas raízes (por isso são verdinhas).
      O cachepô apenas exige mais regas, ok!?
      Bjs e boa sorte!

      Excluir
  28. Olá Cynthia, parabéns pelo blog, até hoje foi o que me deu mais segurança e prazer em ler. Eu ganhei um exemplar da phal azul do meu marido e tenho muito apreço por ela. Já tem 2 meses e ela já está brotando uma nova folha, por isso seguir o conselhos de algumas pessoas para trocar de vaso quando ela terminasse a fase de descanso. Infelizmente só achei seu blog hoje depois de ter ficado com tantas dúvidas ontem a noite quando fiz a troca. Ela estava em um vaso de plastico transparente e troquei para um de cerâmica com furo central, mas não tive nenhuma dessas recomendações que você deu aqui no blog e que são fundamentais. Estou na dúvida do que fazer agora, mantenho no vaso ou faço alguma coisa ? Quando tirei do vaso plástico percebi que ela estava muito úmido, provavelmente minha diarista estava molhando ela seu eu solicitar e uma parte, certa de 40% das raízes estavam apodrecidas, cortei alguma com a tesoura e plantei em um substrato de casca que comprei na floricultura, retirei o antigo pois observei que muitos pedaços estavam com mofo e muito úmido . Deixei a planta o mais firme possível, mas agora não sei se isso é bom para ela, por conta da ventilação e no final dissolvi uma colher de café de fertilizante indicado para oquídea NPK 10 10 10 em 1 litro de água. Não tomei muitas precauções quanto esterilização do vaso e das pedras usadas para a drenagem e estou preocupada.
    Parabéns pelo blog, até hoje foi o que me deu mais segurança e prazer em ler
    Tainara - BA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cynthia, na urgência acabei seguindo um conselho seu dado para o colega que mora na Irlanda, retirei ela do vaso, lavei em agua corrente, cortei mais algumas raízes apodrecidas com tesoura e salpiquei canela em todas as partes das raízes e deixei elas em uma bacia rasa para secar em um local bem ventilado mas na sombra. Fui em um horto para comprar o fertilizante para raízes mas me orientaram que não era tão necessário já que ela tinha ainda uma quantidade considerável de raízes e eu também já possuía o outro fertilizante de manutenção, comprei um vaso de cerâmica com furos na laterais, pois o anterior não era o indicado para orquídeas, mas e agora, espero mais uns dias com ela sem plantar e pulverizo uma solução bem fraca do fertilizante de manutenção ? Replanto ? Inclusive ela está toda cheia de canela ainda !!! Ela ainda tem um detalhe, está com as folhas bem firmes mas com uma tonalidade bem mais escura que o normal e algumas folhas estão se fechando o que isso significa ?

      Excluir
    2. O seu amigo deu um bom conselho!
      Quanto menos raízes podres ela tiver, melhor será a qualidade da aeração do vaso, ou seja, ela secará mais rápido, o que evita apodrecer as raízes boas.
      Você pode replantá-la no mesmo dia ou não.
      Eu como faço em quantidade, geralmente tiro todas que vou trocar do vaso, corto as raízes, deixo de molho no adubo por 30 minutos (mas é opcional, pode só aplicar), aplico a canela em pó, e só replanto 1 ou 2 dias depois,mas isso pq faço mts, então fico cansada. rsss
      Mas vc pode replantá-la no mesmo dia.
      O importante é não regar (no vaso ou fora dele) por 7 dias, para que a canela permaneça e o corte cicatrize.

      Qt as folhas, pode ser baixa luminosidade. Procure um local mais claro e deixe seu vaso lá.
      Se tiver mais alguma dúvida, me procure.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
    3. Ah! O primeiro vaso que descreveu, pareceu que não ia ser bom mesmo, pq só tinha um furo de drenagem. Eu aconselho que qt mais furos, melhor!
      O único inconveniente é ter que molhar em intervalos menores de tempo, mas em compensação é maior garantia de não matar a orquídea por excesso de umidade.
      Bjs

      Excluir
  29. Parabéns pelo blog Cynthia realmente muito didático e esclarece até as pequenas dúvidas mas que é muito importante para nós os leigos!! Minha duvida é parecida com a da amiga acima,comprei duas mudas de cattleyas e plantei ontem em vasos de plásticos coloridos,usei substrato comprado na floricultura(casca de pinus e carvão) mas coloquei no fundo do vaso além de pedaços de lajotas (aquelas vermelhas parecidas com telha)alguns pedaços maiores de carvão e também não esterilizei nada...e agora oque fazer devo refazer o plantio para retirar o carvão? Já perdi duas phalenopolis plantadas em nozinho de pinho , moro em apartamento e amo as orquídeas!! bjs Foz do Iguaçu-Pr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpem mas errei o nome Phalaenopsis,acho que vou aderir ao apelido "phal"...rs Foz do Iguaçú-Pr

      Excluir
    2. É incomum acontecer doenças por causa de pedra brita, telhas...
      Eu aconselho pq é maior garantia, mas acredito que é só ficar de olho, já que já tiveram contato desde o dia 12..
      Se fosse um vaso reaproveitado, aí aconselharia a retirar e esterelizar, pq tendo sido usado por outra planta, o risco de doenças e pequenos insetos é maior.
      No nó de pinho elas precisam de regas mais intensas, no verão diárias e no inverno a cada 1-2 dias.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
    3. Ah! E muito obrigada pelo carinho!
      Fico feliz qd as pessoas gostam do meu blog!
      Bjs

      Excluir
  30. Olá Cyntia, encontrei seu blog com informações preciosas, parabéns! Tenho uma cattleya que quase matei por excesso de rega, as raízes estavam todas podres nem sei se consigo salvar, retirei do vaso troquei o substrato por um de casca de côco apenas, será que ela sobrevive? Me ajuda por favor!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vania,
      Possivelmente sim. Se tem folhas e pseudobulbos, é bem mais fácil de recuperar.
      Além da troca do substrato, agora vc vai ter que dar uma ajudinha para ela desenvolver raízes.
      Isso vc fará com adubação.
      Compre um adubo para raízes ou enraizamento.
      Vc deverá aplicar conforme informado no rótulo, geralmente a cada 15 dias.
      Além disso, vou te aconselhar usar uma mistura feita com Complexo B + água. Vc vai diluir em 500ml de água 4 gotas de complexo B. Coloque num pulverizador e a cada 2 ou 3 dias, pulverize as folhas e a superfície do vaso (não é para encharcar o substrato, ok), sempre no início da manhã. Se estiver frio, não pulverize nada. Deixe-a seca. Passe a pulverizar novamente qd o tempo esquentar.
      Isso deve ser suficiente para dentro de 1 ou 2 meses começar a surgirem novas raízes.
      Bjs, Cynthia.

      Excluir
  31. Olá Cynthia! Adorei seu blog! Estou com uma dúvida. Vi que o mercado oferece dois tipos de vasos de plástico transparente para o cultivo de phalaenopsis: um com furos apenas em baixo e outro com um cone cheio de furos no meio dele. Qual vc acha que é melhor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende.
      Menos furos, sinal de maior retenção de umidade, o que significa que vc demorará mais tempo para regar. Mais furos é exatamente o contrário.
      Se vc é iniciante, aconselho o com mais furo, pq é mais fácil vc matar uma orquídea por excesso de água do que por falta.
      O com mais furo, vai secar mais rápido, então vc deverá molhar a casa 2-3 dias.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  32. Cynthia tenho uma catteya e 3 ph,todas plantadas em vasos de plasticos gostaria de mudalas p um cachepo ou de barro que sao mais bonitos, e fasei de empendurar qual dos dois e o mais indicado.amei seu blog parabens!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá para cultivar nos dois, mas tanto o cachepô de madeira, quanto o vaso de barro seca mais rápido que o vaso de plástico.
      Fique apenas atento/atenta a isso. Bjs, Cynthia!

      Excluir
  33. Olá Cynthia tudo bom! sou nova no seu blog e simplesmente amei, tudo bem explicado e detalhado, sempre gostei de orquideas e agora resolvi cultivar, vamos por partes: Ganhei uma Phalaenopsis ficou uns tres meses com flores, quando acabou a floraçao e aquele bulbo secou eu cortei, porem vejo que ela nao desenvolve, ela tem umas folhas grandes e de um tempo pra cá andavam tudo molengas e resolvi tirar a orquidea de dentro de casa e coloquei ela pra fora na area de serviço, ela nao pega sol mas tambem nao vi nenhuma diferença...estava dando agua 1 vez por semana ela esta em um pote transparente, ontem a noite resolvi tirar ela do pote e mudar a fibra de coco, comprei fibra nova...pra minha surpresa bem no meio as raizes estavam bem secas e algumas com aspecto de apodrecimento, cortei todas as secas e podres, lavei o restante das raizes e coloquei fibra nova, vc acha que consigo salvar ela? o que devo fazer?
    Ah detalhe: Moro em Manaus aqui é Calor o ano todo, a vantagem é que o clima é sempre umido...
    Comprei uma Cymbidium ela tem um vaso preto alto e dentro parece ser uma mistura de terra preta, pinus e acho que é areia, ja acabou a floraçao dela porem ainda nao cortei o talo, e as folhas grande percebo que cada dia estao mais secas, e tem umas novas brotando, essa dou agua quando o vaso esta leve, nao quero perder nenhuma das minhas primeiras orquideas o que devo fazer com essa?
    Muito obrigada e aguardo seu retorno. Ediane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ediane, estava dodói, mas já estou de volta!
      Como estão sua orquídeas? Sua dúvida ainda existe?
      Ah! Tem matéria nova sobre orquídeas aqui no blog. Não deixe de ler...
      Beijos, Cynthia

      Excluir
  34. Oi Cynthia, que bom que te encontrei, preciso da sua ajuda. Tenho algumas Cattleyas e elas estão murchando e enrolando as folhas. O que pode ser? Elas parecem estar desidratadas. O que eu faço? Já pesquisei e não achei nada. Moro em Patrocínio no Triângulo Mineiro e aqui está muito quente, porém já começou a acontecer a mais tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Angélica, ainda está assim?
      Desculpa a demora, estava doentinha!

      Favor me informar se ainda estão com as folhas do jeito que você escreveu.
      Beijos, Cynthia

      Excluir
  35. Boa tarde!!! posso cultivá-las em vasos de vidros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Você não deixou seu nome.
      Vaso de vidro não tem furo, então não tem como drenar a água.
      As orquídeas devem estar platadas em vaso com boa drenagem, ok?
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  36. Bom dia, quero saber se posso deixar minhas orquideas na porta da cozinha, ela é alta coberta com telha inglesa e tem mais algumas telhas de vidro para entrar luminosidade.
    É um lugar adequado para o desenvovimento delas ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se for um local claro e com ventilação, provavelmente elas se adaptarão bem.
      Orquídea não gosta de local com pouca luz, que não tenha corrente de ar e a maioria também não tolera sol.
      É importante primeiro você descobrir qual a sua orquídea, para aí sim saber se ela precisa de mais ou menos luz.
      Bjs e boa sorte, Cynthia

      Excluir
  37. Sou fabricante de Cerâmica, e gostaria de comentar sobre a higienização indicada para vasos e cachepô de cerâmica. Acredito que a higienização indicada serve somente para vasos e cachepo reutilizados, pois os novos já vem esterilizados, visto que qualquer cerâmica recebe uma queima de pelo menos 900ºC, sendo que a minha é de 1060ºC, o que esteriliza qualquer material que supórte essa temperatura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por compartilhar.
      Pode deixar aqui o seu site para quem tiver interesse em comprar seus vasos.

      Excluir
  38. Oi Cynthia, ganhei uma phalaenopsis ela estava pote transparente muito pequeno, suas raizes estavam saindo da vaso e ficando espremidas, não tinha lido o seu blog e nem pesquisado em nenhum lugar sobre orquideas, acabei plantando ela num vaso de plástico escuro com o substarto que venho nela e com lascas de arvore e terra vegetal, ela ainda esta com flor. Qual o melhor precedimento que devo fazer com ela? Posso deixar ela como esta até que termine sua floração? Att. Bruna

    ResponderExcluir
  39. Oi Cynthia, moro em apartamento e tenho por volta de 15 orquídeas mas não sei o tipo, aqui e seco e úmido, qual o tipo de terra e adubo usar, ou não precisa? Obrigada

    ResponderExcluir
  40. Oi Cynthia. Gostaria de saber qual e o melhor sombritr pra combertura das catleyas

    ResponderExcluir
  41. Olá Cinthia! Comecei a cultivar orquídeas há pouco tempo. Seu blog tem sido muito útil. Hoje resgatei duas orquídeas phalaenopsis que seriam jogadas no lixo. Segui suas dicas e agora é esperar e cuidar para ver o resultado.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  42. Oi Cithia, amo seu blog. Tenho algumas cattleias com as folhas enroladas parecendo estarem desidratadas. Ja ganhei assim, com o vaso totalmente mofado. Consegui trocar o substrato e ela ta com um pendao que parece bem saudavel.Existe algo que eu possa fazer para melhorar a qualidade das folhas? Obrigada

    ResponderExcluir
  43. Oi Cithia, amo seu blog. Tenho algumas cattleias com as folhas enroladas parecendo estarem desidratadas. Ja ganhei assim, com o vaso totalmente mofado. Consegui trocar o substrato e ela ta com um pendao que parece bem saudavel.Existe algo que eu possa fazer para melhorar a qualidade das folhas? Obrigada

    ResponderExcluir
  44. Olá. Estou encontrando dificuldades em encontrar um vaso bonito para replantar as minhas phalenopsis. Este da foto então é impossível. Procurei pela marca, mas só achei no exterior. Poderia me indicar algum lugar. Muito obrigado e feliz 2016 !!!

    ResponderExcluir
  45. E vaso de vidro? Vi umas phalenophis numa clínica que estavam enormes e lindas, num de vidro!as minhas estao nos de plastico q ja vem da floricultura.
    Posso juntar duas em um vaso só e maior?

    ResponderExcluir
  46. Olá Cinthia amei as dicas porém tenho uma dúvida ganhei uma phalenophis e ela vei em um vaso transparente porém achei que o vaso estava muito pequeno para ela e por isso mudei ela para um vaso de barro que só tem um furo no fundo já se passou uma semana desde então e ela está bonita e abriu mais dois botões de flores porém depois de ver alguns comentários eu ficou com medo dela não estar em um lugar adequado e acabar morrendo. O que faço deixo ela no vaso de barro com apenas um furo no fundo ou troco por outro vaso?
    Desde já agradeço pela atenção

    ResponderExcluir
  47. Olá Cinthia amei as dicas porém tenho uma dúvida ganhei uma phalenophis e ela vei em um vaso transparente porém achei que o vaso estava muito pequeno para ela e por isso mudei ela para um vaso de barro que só tem um furo no fundo já se passou uma semana desde então e ela está bonita e abriu mais dois botões de flores porém depois de ver alguns comentários eu ficou com medo dela não estar em um lugar adequado e acabar morrendo. O que faço deixo ela no vaso de barro com apenas um furo no fundo ou troco por outro vaso?
    Desde já agradeço pela atenção

    ResponderExcluir
  48. Olá, Cynthia
    Tudo bem?
    Gosto muito de orquídeas, principalmente, do gênero phalenophis! Estou procurando informações sobre o seu cultivo, adubação, poda, iluminação, regas, afinal tudo que envolve.
    E pude aqui no seu blog, encontrar muitas informações, que serão muito importantes para que eu obtenha sucesso.
    Quero agradecer pelas informações e parabenizá-la pelo sua iniciativa e trabalho.
    Parabéns Cynthia, grande abraço!

    ResponderExcluir
  49. Olá, Cynthia
    Tudo bem?
    Gosto muito de orquídeas, principalmente, do gênero phalenophis! Estou procurando informações sobre o seu cultivo, adubação, poda, iluminação, regas, afinal tudo que envolve.
    E pude aqui no seu blog, encontrar muitas informações, que serão muito importantes para que eu obtenha sucesso.
    Quero agradecer pelas informações e parabenizá-la pelo sua iniciativa e trabalho.
    Parabéns Cynthia, grande abraço!

    ResponderExcluir
  50. Boa noite ,comprei duas orquídeas , uma chamada sapatinho , e uma de flores pequenas bem deixadas q não sei o nome , queria saber se pode passar para o vaso de barro sonda com flor , pois fiz isso sem saber , agora estou com medo , quero saber se pode ficar exposta ao tempo , sendo q onde estou montando orquidario , bate sol de manhã , a tarde não mais ,usei substrato desses que compra dm mercado queria saber se pode ? Por favor aguardo sua resposta , muito obrigada

    ResponderExcluir
  51. Oi qual o vaso ideal para as Cimbydium.

    ResponderExcluir
  52. ola moro em mato grosso aqui é sempre quente e minhas orquideas tenho plantadas em vasos de plasticos e chapecos uso carvão com pinos e fibras de coco e adubo de 15 a 15 dias com adubo para floração e uns que são umas bolinhas uma vez no mes mas elas não dao flor faz um mes que estou cultivando o que sera que tem de errado como aqui é quente eu molho as que estao no chapecos de madeiras todos dias e as que estão plantadas no vaso de plastico eu pulo um dia ou faço o teste enfio o dedo para ver a umidade mas ja são adultas e não flora e estão na varanda não recebe sol só a claridade.o que faço estou sem saber o que fazer.jusara.juluppiliberali@hotmail.com se puder me ajudaar,desde ja agradeço

    ResponderExcluir
  53. ola moro em mato grosso aqui é sempre quente e minhas orquideas tenho plantadas em vasos de plasticos e chapecos uso carvão com pinos e fibras de coco e adubo de 15 a 15 dias com adubo para floração e uns que são umas bolinhas uma vez no mes mas elas não dao flor faz um mes que estou cultivando o que sera que tem de errado como aqui é quente eu molho as que estao no chapecos de madeiras todos dias e as que estão plantadas no vaso de plastico eu pulo um dia ou faço o teste enfio o dedo para ver a umidade mas ja são adultas e não flora e estão na varanda não recebe sol só a claridade.o que faço estou sem saber o que fazer.jusara.juluppiliberali@hotmail.com se puder me ajudaar,desde ja agradeço

    ResponderExcluir
  54. Parabéns! Realmente você fez um resumo de uma forma simplificada que dá uma visão geral para qualquer iniciante. Para mim foram de grande válida! Sucesso!

    ResponderExcluir
  55. Parabéns! Realmente você fez um resumo de uma forma simplificada que dá uma visão geral para qualquer iniciante. Para mim foram de grande válida! Sucesso!

    ResponderExcluir
  56. Boa tarde, Cynthia!
    Adoro seu Blog. Tiro todas as minhas dúvidas por aqui. Suas dicas são muito valiosas.
    Sempre fui desastrada no cultivo de minhas orquídeas. Já perdi várias por diversas razões. Agora com suas dicas estou salvando algumas orquídeas q me restaram. Vê-las com raízes e brotos novos me dá uma satisfação imensa...
    Obrigada por tudo!

    ResponderExcluir
  57. Cynthia fiz o replantio da minha orquídea,mas ela está com um broto de folha grande que cresceu na lateral e por isso a planta não fica fixa no vaso mesmo com a vareta,pois o broto não deixa,o que faço por favor,nao quero perder minha cattleyia

    ResponderExcluir
  58. Cynthia fiz o replantio da minha orquídea,mas ela está com um broto de folha grande que cresceu na lateral e por isso a planta não fica fixa no vaso mesmo com a vareta,pois o broto não deixa,o que faço por favor,nao quero perder minha cattleyia

    ResponderExcluir