domingo, 20 de abril de 2014

Oncidium Aloha e Sweet Sugar: Dicas de cultivo da Chuva-de-ouro e de fixação em tutor vivo.

Aloha
Há alguns meses estou transferindo as minhas orquídeas para a casa nova.
Algumas Phal e Laelia Já foram transplantadas ao longo dos últimos 6 meses.

Agora é a vez das minhas Oncidium.

Hoje vou falar sobre a sweet sugar (doce açúcar). Assim como todas as Oncidium de cor amarela, ela também conhecida como chuva-de-ouro. Esse apelido se deve as lindas e abundantes flores em tom de amarelo-vivo.

A Sweet Sugar necessita de cuidado similar ao da Oncidium Aloha e ao da Sharry Baby (Chocolate). Então o que eu postar aqui, vale para as três.


É preciso entender que o grupo Oncidium possui mais de 400 espécies, então é impossível dar dicas que sirvam a todas elas.

Para facilitar o entendimento, digamos que as Oncidium podem ser divididas e 4 grupos:
- Um grupo seria daquelas que precisam que o substrato fique completamente seco entre as regas.
Sweet Sugar
- O outro grupo, em que o substrato precisa estar sempre sendo mantido ligeiramente úmido.
- O terceiro adora umidade e por isso o substrato deve estar sempre úmido, não havendo momentos de substrato seco ou quase seco.
- O último grupo, seria daquelas que precisam alternar períodos secos e úmidos.
Sem contar que existem diferenças de temperatura, exposição ao sol, tolerância de frio...

Então, as dicas que coloquei aqui, serve para essas três lindas espécies Oncidium (Sweet Sugar, Sharry Baby e Aloha) e não para todas, hein!


Vamos lá!


Por que eu decidi fazer esta matéria?
Porque, nesse feriado e no sábado, fiz o transplante das minhas Sweet Sugar do tutor (pedaço de árvore) para uma palmeira dendezeiro (tenho duas na minha casa nova).


Como na antiga casa não tinha árvores (tinha apenas uma dracena gigante e 3 palmeiras simples), muitas das minhas orquídeas eram fixadas em pedaços de tronco que recolhia nas ruas.


Essas orquídeas, já estavam há alguns anos nesse tronco. Para soltar as raízes, estava decida deixá-la de molho na água por algumas horinhas, mas como Papai do Céu mandou uma boa chuva aqui para a minha terrinha, não foi necessário. Deixei ela no tempo por 1 dia e quando a chuva parou, foi muito fácil destacar as raízes úmidas do tronco seco. 
A dica de deixar as orquídeas plantadas em troncos molhadas por algumas horinhas, faz com que as raízes se soltem mais facilmente.

Com delicadeza soltei a touceira inteira de Oncidium:





Depois foi só separar uma da outra, porque havia muita partes mortas, raízes folhas secas na touceira.




Coloquei as mudas de molho em água com hormônio enraizador, por 20 minutos e comecei a amarração na palmeira (as raízes úmidas ficam flexíveis e assim vc evita machucá-las ao amarrar.



Usei fio de nylon, porque meu fitilho grosso acabou. Não sou fã do fio de nylon porque depois que ela enraizar no tronco, deve-se tirar o fio para não estrangular a orquídea. O fitilho apodrece com o passar dos meses e por ser grosso, não corta as raízes.
Amarrei com bastante cuidado para não machucá-las.



Passo-a-passo para replantio em tutor vivo:
1- Separe uma planta de cada vez e verifique se as raízes estão limpas;
2 - Retire as palhas dos pseudobulbos;
3 - Apare as raízes velhas e podres;
3 - Veja qual é a frente da planta e apoie a traseira na árvore;
4 - Passe o fitilho grosso amarrando firmemente;
5 - Balance a planta para ver se ficou bem firme.


 Retire as palhas dos bulbos, pois é um ótimo esconderijo para
pulgões e cochonilhas.

Posicione a planta e amarre-a no tutor vivo.

Detalhe da amarração: raízes e pseudobulbos bem firmes.
Repare também que os pseudobulbos estão limpos, livres das palhas.



Finalização do replantio:
O local que escolhi não pega nenhum raio de sol, então não tive que ter cuidados extras.
Você pode escolher um local com sol, mas desde que sejam 1-3 horas de sol pouco intenso (ela não tolera sol nas horas mais quentes do dia).
Se for o caso, nas primeiras semanas esse sol pode prejudicar, aí é só colocar uma tela (tipo sombrite) tampando a Oncidium. Com isso, você vai protegê-la um pouco do sol, enquanto suas raízes ainda não estiverem abraçando a árvore (processo que demora alguns meses). Depois, quando já estiver com raízes novas e as velhas estiverem grudando na palmeira, é só tirar a tela.
Desta forma, ela sentirá menos o transplante.

Esta é a foto atual da minha palmeira dendezeira. Essa vai ser só de Oncidium e Phal brancas.
Desde que comecei o transplante, para chegar a essa quantidade de orquídeas que você vê nas fotos, essa palmeira abrigou uma touceira de sweet sugar, 5 vasos de sweet sugar, 13 vasos de aloha, 4 vasos de sharry baby e 4 Phal brancas. Está quase pronta!



Para terminar, amanhã vou aplicar vitamina de complexo B e pronto!
Alguns meses de cuidado e logo ela estará em flor.
Imagina que lindo ficará?





PAUSA PARA UMA CURIOSIDADE...
Li em um livro, que é comum, na orquídea sharry baby (algumas pessoas escrevem sherry, pois é a forma como se fala) terem pintinhas nas folhas.
Elas são confundidas com fungos, mas na verdade é uma espécie de vírus que se manifestam quando a planta pega muita claridade ou sol, é transplantada, ou sofre qualquer outro estresse.
Por isso, é comum as pessoas terem a sensação de que a quantidade de manchas estão aumentando.
Só que nessa espécie o ataque não passa disso e não prejudica a planta.


DETALHES IMPORTANTES


Local escolhido:
- Ótima luminosidade (bastante claro);
- Se for pegar sol, que sejam poucas horas de sol (pois ela não tolera muito sol - principalmente entre 11h e 15h);
- Sombra na maior parte do dia.

Amarração:
Tive que usar fio de nylon, mas não aconselho. Opte por usar fitilho/barbante grosso (daqueles de amarrar caixas). Ele evita danificar as raízes. 
Não estrangule a planta apertando demais, mas faça uma amarração firme, para evitar que a planta fique balançando.


Substrato:
Sempre que coloco na árvore não coloco substrato. Deixo as raízes livres, pois acredito que desta forma, a orquídea "pega" mais rápido e não há o risco do substrato ficar ácido com o tempo.


Rega: 
No primeiro mês, opto pela rega diária. Já que está plantada sem substrato nenhum.
Nas duas primeiras semanas, se estiver bem quente, gosto de molhá-la no início da manhã e no fim da tarde ou a noite.
Passado o primeiro mês, se já estiver com surgimento de raízes novas, faço a rega intercalada (dia-sim, dia-não), só opto pela rega diária se estiver muito quente.


Adubação:
Não faço adubação até a planta emitir as primeiras raízes naturalmente. 
Quando elas começam a surgir, faço adubação hidrossolúvel (do tipo que tem que diluir o adubo na água). Minha opção é sempre por uma composição de raiz ou crescimento no início do transplante.
Na primeira semana de plantio, não uso nenhum tipo de adubo químico, somente utilizo complexo B semanalmente (8 gotas por litro). Uso o complexo B apenas como uma vitamina.
IMPORTANTE! 
Quando começar a adubar, a Oncidium é muito sensível ao adubo, então meu conselho é diluir um pouco mais a dose do que o recomendado pelo fabricante.
O que eu faço?
Se o rótulo diz que deve ser uma colher de café para cada litro de água, eu uso 1/2 colher por litro. Exatamente a metade do recomendado e aplico no intervalo de tempo recomendado na embalagem.



CULTIVO EM VASO

O cultivo em vaso é  aceito por estas espécies de Oncidium, mas é no cultivo em árvores que ela mais se adapta.


O cultivo em vaso requer alguns cuidados:

- Pode ser cultivada em vaso de barro ou plástico;

- O substrato ideal deve ser à base de casca de pinus, com alguns pedacinhos de carvão + 10% de musgo esfagno e alguns pedaços de esponja ou argila expandida. Misture tudo até ficar uniforme e pode replantar.

- A cada replantio pode ser aplicado um fungicida de contato ou canela em pó.

- Precisa ser replantada, ou seja, ter seu substrato trocado a cada 2 ou 3 anos.

- O vaso deve receber água abundante a cada rega, mas precisa ter boa drenagem, para que a água escorra por completo. 

Estas espécies não gostam de ficar com as raízes encharcadas por longo período, por isso, após a rega, é ideal pendurá-la, para que a água possa escorrer livremente.

Somente volte a regar quando o substrato estiver levemente/moderadamente seco. Permitindo assim, a aeração das raízes. Não mantenha o substrato continuamente úmido.
Isso é importante para evitar o apodrecimento do sistema radicular (raízes), pois quando fica constantemente úmida, pode facilmente apodrecer.





SAIBA MAIS...

Tanto a Oncidium aloha, quanto a sweet sugar e também a sharry baby gostam de ser cultivadas a céu aberto.

A temperatura ideal para cultivo varia entre 14 graus e 35 graus, suportando alguns dias de temperatura mais alta.

Espécie que adora ambientes luminosos, mas com pouca ou nenhuma incidência de sol, ou seja, não tolera muito sol direto sobre as folhas.

Adora alta umidade do ar, por isso, pode-se pulverizar (nos dias quentes) água nas folhas, mas evite atingir o substrato. Se estiver na árvore, também irá apreciar muito ser pulverizada no início da manhã.

Além disso, você pode molhar o chão ou plantas próximas a ela.

Mesmo gostando de boa umidade do ar, pode tolerar alguns dias mais secos.

A haste floral deve ser cortada próximo a base, logo após a queda das flores, pois esta não irá florescer novamente.



FASES DA SUA ONCIDIUM ALOHA/SWEET SUGAR:

Após a floração, sua planta começará a emitir novos brotos e raízes.
Dentro de 7 a 9 meses, começará a se preparar para a floração anual.

Quando a nova haste surgir, deve-se diminuir a rega (mas manter a pulverização nas folhas), deixando com que ela fique mais sequinha por alguns dias antes de molhá-la. 

A adubação de floração pode ser iniciada 3 a 4 meses depois da queda das flores e interrompida após o crescimento da haste, assim que surgirem os primeiros botões. Volte a adubar após todos os botões se abrirem.
*Veja em adubação (um pouco mais acima), minha dica de diminuir a dosagem do adubo recomendado pelo fabricante.


Esqueminha que fiz para tentar simplificar as fases:

32 comentários:

  1. Bom dia Cynthia, minha chuva-de-ouro esta amarelando as folhas, nao tenho regado muito, espero o substrato secar p depois regar novamente, e ela esta na sombra com bastante circulação de ar e iluminação, tirei foto p vc ver

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.facebook.com/photo.php?fbid=513669952078215&set=pcb.513670095411534&type=1&theater
      https://www.facebook.com/photo.php?fbid=513669985411545&set=pcb.513670095411534&type=1&theater
      https://www.facebook.com/photo.php?fbid=513670048744872&set=pcb.513670095411534&type=1&theater

      Excluir
    2. Aliny, isso é doença fúngica.
      Parece ser causada por Pythium ultimum ou Phytophtora cactorum.
      Mas caracterísitcas são essas da foto. A mancha escura que acontece no pseudobulbo e deixa ele um pouco mole, mas não exala cheiro. Se tiver cheiro é podridão negra, uma das piores doenças!
      Você deve separar imediatamente ela das outras.
      Corte o Pseudobulbo atingido e queime por completo para matar o fungo.
      Aplique canela em pó em todo o corte que vocë fez na planta.
      Observe, se aparecer em outro bulbo, vc vai precisar aplicar um fungicida. O recomendado é o alliette. Vão ser 3 aplicações com espaço de 30 dias entre elas. Tempo total de tratamento 3 meses.
      possivelmente o corte será suficiente, pois não atingiu o rizoma.
      Este local que você cultiva tem boa ventilação?
      Bjs, Cynthia

      Excluir
    3. Oi, eu cheirei e não tem cheiro ruim, então imagino q seja uma das primeira doença q vc disse, ja separei ela das outras, vc disse p cortar o pseudobulbo, em que altura faço o corte e depois com o que eu queimo?? Me desculpe é q nao entendi bem essa parte, ah, e respondendo sua pergunta, onde ela estava tinha bastante circulação de ar sim; mesmo se não aparecer mais manchas pretas ela deve continuar isolada por um tempo? Bjo Cynthia

      Excluir
    4. Isso, corte na base! Retirando o pseudobulbo inteiro.
      Você deve queimar essa parte que você retirar da planta: pseudobulbo e folhas.
      Isso para exterminar o fungo.
      Deixe-a isolada por 1 mês ou 1 mês e 1/2 !
      Bjs, Cynthia

      Excluir
    5. Aliny,
      Tenho percebido muitas pessoas com a podridão negra causada por fungos.
      Vou fazer uma matéria mais completa sobre ela.
      Bjs e boa sorte com suas orquídeas!

      Excluir
    6. Aliny, publiquei a matéria. Veja no link abaixo:
      http://cynthiablanco.blogspot.com/2014/04/pragas-e-doencas-que-atacam-as_26.html
      Bjs, Cynthia.

      Excluir
  2. Oi Cynthia, tenho uma phal que esta comigo ha 20 anos, ela esta ate florida agora, mas suas folhas estao muito feias, estou com receio de perder esta planta. Tem como eu te enviar fotos pra vc me indicar como cuidar dela?
    Obrigada,
    Adriana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana, publique as fotos em algum perfil na internet (facebook, instagram, google plus...). Depois cole o link das fotos aqui neste comentário.
      É só clicar, abaixo da minha mensagem, em responder.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  3. Cynthia, boa noite!
    Tenho duas orquideas chuva de ouro e uma delas está ficando com as folhas amarelas e uns pontinhos marrom.
    Rego quando o substrato está seco e quase todo dia burrifico um pouco de água pelo substrato.
    O que será? O que devo fazer?
    Muuuuuito obrigada!

    https://www.facebook.com/bianca.grivol/media_set?set=a.497339570367997.1073741846.100002758753496&type=3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bianca, o seu perfil é privado e por isso não consigo ver a foto e nenhuma informação sua.
      Como o envio de mensagem está desativado, também não pude contactá-la por lá.
      Publique no instagram, no google plus ou então edite a privacidade da foto para público.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
    2. Perdão. Agora está liberado :)
      https://www.facebook.com/bianca.grivol/media_set?set=a.497339570367997.1073741846.100002758753496&type=3&viewas=100000686899395

      Excluir
    3. Ainda não consigo ver a foto.
      De qq forma, deixe eu tentar te explicar uma coisa...
      É natural na Oncidium e em algumas outras orquídeas, que as folhas mais velhas e pseudobulbos mais velhos, ao longo do tempo, vão morrer. Pode ser o caso da sua ou não.
      Se for, logo surgirá outro bulbo. Os bulbos mais velhos amarelam e perdem as folhas.
      Às vezes, um stress, como replantio, fará com que ela perca uma folha ou duas do pseudobulbo mais velho. Isso é totalmente normal e não é motivo de preocupação.
      O que me deixou alerta foram as manchas marrons.
      Elas são típicas de fungos.
      Mas a Sherry baby (orquídea chocolate), por exemplo, é mt comum as folhas amarelarem e ter pintas nelas.
      Procure por pragas, raízes apodrecidas, acúmulo de sal no vaso...
      Tb pode ser falta de fertilizante...
      Excesso de luminosidade...
      Meu conselho geral, sem ver a foto, é q você pode cortar a folha ou aguardar.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  4. Ai não sei pq não aparecem as fotos. Devo estar fazendo algo errado, haha
    De qlq forma, obrigada pela atenção.
    estou adubando todas elas com um indicado para raizes, durante o período de outono. Até o fim de junho farei isso.
    Cortei as folhas, vou aguardar como ela responderá.
    Qm sabe postarei fotos delas com lindas flores, o que eu acho dificil :(
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bianca, se quiser pode tentar postar em outro lugar.
      Estarei na torcida pela sua orquídea.
      A adubação é sempre positiva e a de raiz ajudará se for o caso de problema radicular. Um indicativo disso, além de folhas amarelarem é raízes secas e rachadas, bulbos murchos...
      Você pode colocar em todas as regas complexo B, compra na farmácia. eu aconselho 8 gotas por litro de água e cada vez que regar, use esta mistura.
      Deficiência de cálcio tb gera isso.
      Qt tempo vc tem essa planta? Você já trocou ela de substrato alguma vez?
      Em que vaso está (barro, plástico, madeira...)? Com que frequência vc rega?
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  5. Oi Cynthia, qual é esse complexo B? E eu posso usar em todas as regas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aliny, é uma vitamina que você compra em qualquer farmácia.
      Pode usar sempre que regar, ele ajudará as raízes.
      Qd estiver com boa qt de raízes, pode suspender o uso.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  6. Oi Cynthia, conheci seu blog agora. Estou adorando, você realmente entende do assunto rsrs
    Tenho Oncidium (chuva de ouro, sharry).
    Estão descuidadas, pois não pude cuidar delas.
    Agora quero fazer revisão e passar a vê-las diariamente, tomando os cuidados necessários.
    Vou colocar fotos e mandar para você o link.
    Se puder me ajudar com suas dicas, fico grata.
    Você caiu do céu rsrsrsr
    Estou num Grupo no Face sobre Orquídeas, é ótimo, mas tem mais de 12.000 pessoas e fica complicado ficar procurando onde está minha postagem.
    Vou seguir você.
    Obrigada.
    joturquezzamundial
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Ola meu nome é Sonia sou de Barretos , tenho uma orquídea num tronquinho de arvore,mas deu pulgões e tratei com agua escovinha de dentes e sabão de coco mas as folhas esta amarelando...sera q a perdi??/face sonia ferreira hayek

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola novamente ...nao sei como mandar-lhe a foto esta no meu face sonia lucia ferreira hayek

      Excluir
    2. As folhas amarelam mesmo com o ataque severo de pulgões.
      Vi as fotos!
      Ela realmente está sofrida e não dá para ter certeza que foi só obra dos pulgões ou se tem mais alguma doença.
      Aconselho vc a aplicar sulfato de cobre (vende em casas agrícolas e grandes mercados com jardim center).
      Aplique uma vez, repita 15 dias depois. Depois de um intervalo de 30 dias e passe a aplicar 1 vez no mês.
      Tente achar um adubo que é só de cálcio + magnésio, não é tão fácil de achar, mais seria de grande ajuda para ela. Esse vc começa aplicar 15 dias depois da segunda aplicação do sulfato de cobre e vai reaplicar conforme o rótulo. Por tempo indeterminado, até que vc veja que ela está mais recuperada.
      Como está no toco, precisa de bastante rega. 1 vez na semana coloque na água da rega complexo B, vc vai diluir 4 gotas em 500ml de água e jogar nas raízes (se cair na planta não tem problema, ok?!).
      Isso tudo é para ajudá-la a se fortalecer, pq os pulgões sugam a seiva e debilitam as orquídeas. Isso acaba favorecendo ao ataque de doenças.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  8. Oi Cynthia, tenho algumas orquídeas na varanda e qdo faz muito frio coloco pra dentro de casa, onde moro faz muito frio já no começo do outono tivemos temperaturas a noite entre 5 e 7 nestas temperaturas as orquídeas vão dormir, então fico colocando elas pra dentro e para fora de casa, isso é prejudicial, tbm tenho oncidium aloha yanagui e 1 milhão dolar posso cuidar das 2 da mesma forma ou são diferentes conforme li neste post, tenho uma gramatofila que comprei e já estava com pulgão, cuidei limpei passei remédio e nada caíram 4 folhas então forrei uma tábua com casca de coco e amarrei ela parece que as folhas estão melhores e apareceram alguns pulgões mas tirei todos e melhorou, será que n tábua forrada ela vai se dar bem, já ouviu falar de algo assim, tbm coloquei umas phal que estavam com problemas na raiz talvez podridão negra, estão secando são tantas dúvidas não sei com quem conversar sobre minha dúvidas, se vc puder me aconselhar ficarei imensamente grata, vou tirar fotos e te mandar, primeiro vou pesquisar como. Obrigada desde já Sandra.

    ResponderExcluir
  9. Tenho 2 sharry baby em vaso plastico preto,conico, comprei assim e floridas ha uns 4 meses. Um vaso tem raizes saindo pelo fundo. Elas estão saudaveis, mas estão ocupando todo o vaso. Devo replanta-las? Estou com medo de mexer e depois não darem mais flores. Tenho colocado V B pulverizado) e 20-20-20 de manutenção (Peters). Viajei e coloquei os vasos sobre um prato com agua e argila expandida e deixei num lugar sombreado pois estava fazendo quase 38º nessa epoca. Tem mais alguma coisa para fazer para dar lindas flores novamente? Agradeço a ua atenção e o seu magnifico blog...bjs Ah meu nome Diva

    ResponderExcluir
  10. Olá Cynthia, estou comesando a culgivar orquídeas e comprei uma que parece uma Oncidium mas não sei se é híbrido é bem pequena. Você pode me ajudar? Como posso mandar uma fogo para você?

    ResponderExcluir
  11. oi cynthia , eu tenho 2 oncidium e uma brassia que estao com varios pontinhos pretos nas folhas , eles começam a se espalhar nas folhas parece e assim a folha vai amarelando depois, oque seria isso, fungo? e como tratar isso?
    obrigado

    ResponderExcluir
  12. Ola tenho uma orquidea chuva de ouro e apareceu com um grande furo enorme em um dos bulbos como se estivesse sido feito com uma furadeira,mas sei que é alguma praga nunca tinha visto essa praga antes pois tenho ela há 23 anos,alguma informação sobre essa praga alguém já viu isso antes?

    ResponderExcluir
  13. Ola tenho uma orquidea chuva de ouro e apareceu com um grande furo enorme em um dos bulbos como se estivesse sido feito com uma furadeira,mas sei que é alguma praga nunca tinha visto essa praga antes pois tenho ela há 23 anos,alguma informação sobre essa praga alguém já viu isso antes?

    ResponderExcluir
  14. Boa Noite Cynthia, tenho uma oncidium que plantei na casca de coco em forma de vaso, esta encima da mesa da sala e nao recebe luz direta, rego dia sim dia nao com gelo sempre a noite, no dia 24/04/16 fiz adubaçao dela com a formula 10-10-10. No dia 26/04/16 percebi amarelamento das folhas a partir da ponta. Acredito que tenha sido o adubo, ja que nao recebe luz direta, como posso reverter a situaçao? Nao queria perder ela pois foi presente. Nap há flores e nem haste.

    ResponderExcluir
  15. Ola Cynthia Blanco,tenho orquideas cymbidios e estou tendo problemas com sua florada ,seus botõens se formam mas a maioria não chega a abrir.pode me ajudar a resouver para que na proxima florada não aconteça novamente.

    ResponderExcluir
  16. Depois que caem as flores tem que cortar a haste floral que elas estavam. Posso adubar logo em seguida a queda das flores, ou preciso esperar 3 meses. A minha está no vaso

    ResponderExcluir
  17. Oi Cynthia. Acabei de conhecer seu blog e estou amando. Vim em busca de conhecimento para Oncidiuns. Tenho Aloha pingo de ouro Colmanara e kalauni (acho que é isto) tenho uma de cada mas não sei cuidar direito. A Aloha está com raízes e brotos fora do vaso, não sei o que fazer e o pingo (uma mudinha pequenina) está junto com a kaulani e ambas não vão pra frente. As vezes suas folhas se foram. É falta de água? Não árvores e nem troncos estão em vasi dr plástico

    ResponderExcluir