quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Fixando Oncidium em pedaço de madeira

Estou sempre tentando criar novos arranjos, novas formas de prender minhas orquídeas, procurando principalmente diminuir o espaço que ocupam, já que não tenho muito quintal.

Esse arranjo eu fiz com as mudas da minha touceira de Oncidium:
Nele consegui prender muitas mudas e por ficar na vertical, não ocupa quase espaço.
Deixei pendurado na minha palmeira, em ambiente de meia sombra.



Para fazer eu usei:


- Pedaço de madeira crua - tipo caibro (sem resina, cera ou verniz);
- Musgo esfagno;
- Atadura (usada para imobilizar em caso de traumatismo - comprada em farmácias);
- Fitilho (para amarrar as mudas)
- Mudas de Oncidium.
- Parafuso em formato de gancho.


Como eu fiz:


- Fiz um furo na parte superior da madeira e prendi um parafuso em formato de gancho (foto acima);
- Lavei o pedaço de madeira para retirar qualquer sujeirinha.
- Coloquei o musgo e fui prendendo dando voltas com a atadura, para evitar que pudessem cair com a rega.
- Depois, amarrei as mudas usando o fitinho.
- Por último foi só pendurar usando o ganchinho.

Depois que fiz me arrependi de não ter fotografado todas as etapas.
Espero que todos entendam como foi feito.

5 comentários:

  1. Nossa! Que interessante!
    Sempre fixava as orquideas em contato com o musgo. Mas assim elas conseguem pega a umidade do musgo, e fica bem mais fácil! Adorei a ideia!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Simone,
    Assim mantém a umidade e você pode prender várias e formar um arranjo.
    O bom é que quase não ocupa espaço.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Cynthia posso usar esse método com qualquer orquídea? Adorei a ideia!! Meus parabéns se essa ideia saiu da sua cabeça hein!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Na verdade surgiu da cabeça do meu marido. risos
    Fizemos juntos e ele tirou essa idéia dos arranjos que faço com pedaços de tronco e bolachas de madeira.

    Você pode fazer isso com qualquer orquídea epífita, ou seja, Cattleya, Phalaenopsis, Laelia...

    Beijos,
    Cynthia

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir