segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Saiba mais sobre: Adubação



A adubação é fundamental para oferecer todos os nutrientes necessários ao desenvolvimento adequado da planta.


As orquídeas precisam de "alimento" para crescer e florecer.
O objetivo da adubação é justamente atender a essa necessidade.
Orquídeas que não recebem adubações regulares, tendem a folhas com tamanhos menores e com verde sem vida, quando florecem, suas flores são pequenas, às vezes mal-formadas, e a haste produz de 2 a 4 flores. O que é muito pouco para uma orquídea adulta.

 Se você quer ter orquídeas dignas de capas de revistas, você deve fazer uma adubação regular, ou seja, frequente, que ocorre em períodos determinados. No decorre deste Post vou explicar melhor o que você deve fazer.




ADUBAÇÃO NATURAL

O orquídea até sobrevive sem adubo, isso porque ela recebe do ambiente "poeira", fezes de aves... mas só estes nutrientes não são o suficiente. A adubação natural só é eficaz quando a orquídea se encontra no seu habitat de origem, lá existe um ciclo de vida, uma quantidade de sedimentos, presença de animais... que acabam nutrindo a planta. É um ciclo natural.
Quando retiramos a orquídea da natureza, por mais que tentemos criar um habitat similar, nunca conseguiremos reproduzir de forma a garantir a quantidade mínima de nutrientes para o crescimento da planta.
Por isso, precisamos de adubos industrializados.



SUBSTRATO FORNECE NUTRIENTE?

Em geral, os substratos* de orquídeas não possuem nenhum nutriente, eles servem apenas como suporte para o desenvolvimento da planta. Além de não possuírem nutrientes, muitos deles, também não conseguem reter os nutrientes fornecidos pelos adubos. Por isso, a importância de se fazer uma adubação regular.

* tipos de substratos: xaxim(venda proibida), cubos de coco, casca de pinus, pedra brita, musgo esfagno...

O QUE VOCÊ PRECISA SABER:
- As plantas absorvem cerca de 90% dos nutrientes fornecidos pelos adubos através das raízes, principalmente pelas pontas novas (ficam verdes quando entram em contato com a água).
- A adubação pela folha não é a melhor opção, pois a capacidade de absorção é praticamente nula, e não é suficiente para suprir a necessidade da planta.
- Adubos chamados de foliares, apesar do nome, são indicados para aplicação nas raízes.
- Existem orquídeas que podem apresentar doenças se ficarem com as folhas molhadas, como o caso da Phalaenopsis, portanto, não aplique adubo nas folhas.
- Adubo + sol é uma combinação terrível, queima as folhas  e as raízes. Nunca aplique adubo sob o sol, opte pelo início da manhã e fim da tarde. Antes, observe se a orquídea esta recebendo raios solares, somente aplique o adubo se estiver na sombra.

- Algumas orquídeas possuem uma espécie de cera nas folhas, esta proteção impede cerca de 90% da absorção de nutrientes pelas folhas.
- Acreditasse que a adubação das folhas, ao invés das raízes, quando tem algum sucesso, é porque o adubo escorre das folhas para as raízes e cai diretamente sobre elas ou no susbtrato. Sendo assim, seria desperdício de tempo e produto, aplicar adubo nas folhas.

Por tudo isso, concluisse que adubar diretamente as raízes, ou substrato, no caso de orquídeas plantadas em vasos, é a melhor forma de garantir os nutrientes necessários para a sua planta.



TIPOS DE ADUBOS
Os adubos mais conhecidos para orquídeas são divididos em duas categorias:
- Químicos ou Hidrossolúveis
- Orgânicos.



TIPOS DE ADUBOS E FREQUÊNCIA DE ADUBAÇÃO



QUÍMICOS HIDROSSOLÚVEIS
 


Os adubos conhecidos como foliares (químicos ou hidrossolúveis) são aqueles para serem dissolvidos em água. Geralmente são vendidos em grãozinhos parecidos com sais de banho.


Devem ser aplicados em intervalos de 15 dias, ou no máximo uma vez ao mês. Se você tem a possibilidade de adubar de 15 em 15 dias, faça isso, sua planta ficará mais saudável. Aplicar uma vez no mês é melhor do que não aplicar adubo! Intervalos superiores, não são indicados, pois haverá deficiência de nutrientes.

Use este tipo de adubo sempre diluído em água, conforme a orientação do fabricante, pois é bastante concentrado e se usado direto, sem diluição, pode queimar a orquídea e até levá-la à morte.


Atenção!
Para adubação de 15 em 15 dias é importante seguir esta recomendação.
A rega seguinte a adubação deverá ser bem abundante. Ou seja, quando você adubar, anote para que na rega seguinte, que pode variar o intervalo conforme o susbtrato, você deverá regar de forma abundante a planta para retirar os vestígios da adubação. Deixe a água escorrer bem para lavar todo o substrato.

Depois desta rega abundante, as demais, deverão ser normais, até que o intervalo de 15 dias acabe e você volte a adubá-la.


A adubação em todas as regas, ou seja, adubar sempre que regar a planta, também é uma opção!
Use  adubos foliares, mas nesse caso, para não intoxicar a planta, aconselha-se diluir em uma quantidade 7 vezes maior de água. Ou seja, se o rótulo do adubo indica uma colher de café para 1 litro de água, para adubação em todas as regas, você deverá diluir a mesma quantidade em 7 litros de água. Desta forma você poderá adubar sempre que molhar a planta. Optando por isso, dispense a água e use somente a mistura da água com adubo bem diluído(proporção 1 x 7).
Neste caso, não é necessário regar abundantemente, como no caso da adubação quinzenal.


Esse tipo de adubo também é vendido pronto para uso. São vidros que já contém o adubo diluído, mas tanto este quanto o granulado tem a mesma eficácia. A única diferença é o preço, pois os granulados, possuem um valor menor, já que são vendidos por quilo.





ADUBO ORGÂNICO

O adubo orgânico é aquele cujo rótulo descreve que você deverá colocar uma colher diretamente no substrato. Sua aparência é similar a um farelo.

O intervalo da adubação orgânica é maior do que dos químicos, pois o adubo entra em contato com a água da rega e vai se decompondo gradativamente e liberando os nutrientes.
Em geral, são recomentados intervalos de 4 meses entre uma adubação e outra.

Este deve ser manuseado com mais cuidado, pois podem queimar as raízes da orquídea.
O ideal é colocar na borda do vaso oposta a sua planta. Se você posicionar o adubo próximo a orquídea, provavelmente irá prejudicá-la.
Observe sempre o rótulo do adubo antes de aplicá-lo, existe variação entre fabricantes.





SABENDO MAIS...

Os adubos possuem vários nutrientes. Eles são conhecidos como macronutrientes e micronutrientes.
Os macronutrientes são NPK: Nitrogênio(N), Fósforo(P) e Potássio(K). Esses são os nutrientes que as orquídeas necessitam em maior quantidade.
Curiosidade: No rótulo do adubo aparecem 3 números, por exemplo, 30-10-10, isso significa que o adubo contém 30 de Nitrogênio, 10 de Fósforo e 10 de Potássio.
Os micronutrientes são zinco, cobre, colbalto, magnésio e outros. Eles são aproveitados em menor proporção pela planta, apesar disso, são indispensáveis.

ADUBO 10-10-10 OU 20-20-20
É usado para manutenção.

ADUBO 30-10-10
É usado para crescimento

ADUBO 10-30-20
É usado para a floração

ADUBO 08-45-14
É usado para floração e enraizamento

Na dúvida de qual usar, você pode escolher pelos de formulação igual, como o 10-10-10 ou o 20-20-20, eles são para a manutenção, então ajudam na floração e no crescimento.


Os adubos orgânicos são obtidos a partir de resíduos vegetais ou animais, mas as plantas não conseguem absorvê-los imediatamente. Ele precisa se decompor para liberar os nutrientes e fazer efeito. Isso pode demorar dias ou até meses, dependendo do adubo.
Diferente dos químicos hidrossolúveis, que a absorção é imediata.



COMBINANDO ADUBOS QUÍMICOS E ORGÂNICOS
Você pode combinar os dois adubos, mas para isso, o intervalo do adubo orgânico deve passar para 6 meses, ao invés de 4 meses. O químico pode continuar sendo aplicado de 15 em 15 dias ou a cada rega (em proporção 1 x 7 - veja acima).
Conheço vários orquidófilos que fazem esta combinação e conseguem bons resultados.


MINHA OPNIÃO
Eu prefiro os adubos químicos, acho mais fácil, e não me sinto segura com os orgânicos, sempre acho que posso errar a dose.

Já que os químicos são suficientes, ou seja, tem a quantidade e os nutrientes necessários, acabo sempre fazendo essa opção.

Em geral eu costumo usar na diluição maior e aplicar em todas as regas, mas às vezes, por motivo de viagem ou até mesmo por comodismo, faço adubação quinzenal.

Já usei adubos orgânicos, mas não mantive o uso. Não tive prejuízos com as plantas, mas ficava sempre preocupada se a quantidade estava boa e se a rega não estava retirando demais o adubo do vaso.

O medo de errar na dosagem, fez com que eu trocasse o adubo orgânico pelo foliar(químico).

Até porque existem cuidados a tomar, por exemplo, o tamanho do vaso e a idade das plantas.

O que aprendi nesse tempo de estudo e nos cursos que fiz, é que não se deve usar adubo orgânico em vasos com 7cm de diametro ou menos, e que plantas jovens podem ter prejuízos com esse adubo, pois são muito fortes.

Já o adubo químico, não tem contra-indicação de tamanho de vaso, idade da planta, quantidade aplicada...

O adubo é absorvido pela planta imediatamente e o restante sai pelo vaso ou escorre pelas raízes. Assim, você não tem risco de superdosagem.




Espero ter ajudado neste tema que sempre causa preocupação.


Em breve vou postar um passo-a-passo da adubação.


Quem desejar, pode postar comentários e perguntas

105 comentários:

  1. Olá, adorei o sue blog. Tenho várias orquideas Phalaenopsis adultas,quu já me presentearam diversas vezes com sua flores. Acontece que uma delas para minha surpresa está saindo botões, mas suas folhas maiores estão enrugadas e molengas, A haste com os brotos está bem firme e as folhas novas tambem. Vi no seu blog que os brotos estão sugam os nutrientes das folhas egostaria de saber qual o melhor abubo que devo colocar? E o que fazer para não perdê-la.
    Aguardo uma resposta.
    meu email: ameom16@globo.com
    Moema

    ResponderExcluir
  2. Moema, preciso que você envie uma foto da sua planta. As olhas estão amarelando? Qual o percentual de adubo que você está usando, algum com mais nitrogênio? Como estão as raízes? Mande fotos delas também. De qualqeur forma, vou enviar um e-mail para você.
    Meu e-mail é cynthiablanco@bol.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá, Moema!
    Já enviei um e-mail para você.


    As folhas da Phalaenopsis são carnudinhas, não é verdade?

    Ali funciona, falando a grosso modo, como um depósito de água e outros nutrientes.

    Quando as folhas começam a murchar, um dos sintomas pode ser desidratação, mas se estiverem amareladas, pode ser também até um fungo ou uma praga.

    Gostaria que você me mandasse fotos dessa plantinha. Tire de detalhes: folhas boas, folhas murchas, haste, flores, botões, e principalmente das raízes.

    Vou fazer de tudo para você não perder a sua plantinha e fique mais tranquila, pois as Phalaenopsis são muito resistentes e tem um ótimo poder de recuperação!!!

    No e-mail fiz umas perguntas relevantes, preciso que você também as responda.

    Aguardo sua respostas com as fotos.

    Beijos Cynthia.
    cynthiablanco@bol.com.br

    ResponderExcluir
  4. olá,meu nome é angela e sou apaixonada por oquídeas..adorei teu blog..as dicas s ao otimas.amei amei mesmo..tenho uma duvida e gostaria de lhe fazer
    Tenho varias orquideas..umas com mais de 3 anos e sempre dao lindas flores.,mais sempre pinta aquela duvida devo mudar de vaso?troco por qual? de barro? de plastico novamente? ou xaxim?? se puder me de a dica tenho medo de perder minhas lindas....

    ResponderExcluir
  5. Angela,
    O substrato tem um tempo para se deteriorar. Se for Phalaenopsis é aconselhado trocar no máximo a cada dois anos. Outras orquídeas você pode até segurar mais tempo, mas se perceber que já não tem tào boa drenagem, é hora da troca de vaso.
    Quanto ao tipo de vaso, depende.
    Depende principalmente da orquídea, da umidade de onde você mora e da sua disponibilidade para regas.
    Vou fazer uma postagem sobre o assunto.
    Beijos,
    Cynthia

    ResponderExcluir
  6. Puxa, tenho minha Phal desde janeiro e faço apenas as regas semanais. Nunca a adubei!
    Elas costumam florescer de quanto em quanto tempo se for seguida essa rotina de adubação de 15 em 15 dias?
    Gostei do seu blog, já havia encontrado outros blogs sobre orquídeas, mas o seu tem uma liguagem bem clara.
    Vou tentar seguir suas dicas de adubação!
    Bjs
    Patricia
    www.patriciacioli.blogspot.com
    www.patriciacioliartesvisuais.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende!
      Tem Phalaenopsis que floresce até 3 vezes no ano, mas esse é um caso de um exemplar de boa origem e muito bem cuidado.
      Em geral elas florescem de uma a duas vezes no ano.
      A adubação não só aumenta o número de floradas no ano, mas principalmente a qualidade delas!
      Orquídeas Phal que não recebem adubo regular, podem ter haste com 5 flores ou menos. Já as que recebem nutrientes periodicamente, podem ter floradas intensa e é comum ver exemplares com várias hastes.
      Adubar é garantir muitas flores para admirar!
      Beijinhos

      Excluir
  7. Oi Cynthia !
    Dei de presente para minha avó uma Phalaenopsis, e queria usar adubo para deixá-la mais bonita e assim florir mais. Estava lendo o seu blog e fiquei com uma dúvida sobre o que tu disseste de regar em abundância a orquídea quando adubá-la. Devo fazer isso na mesma hora que eu adubar , ou 15 dias após a adubação,ou seja, no dia da próxima rega ?
    Desde já, agradeço.
    Laura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laura,

      Depois que você adubou, deixe a orquídea quietinha, que ela absorverá o adubo e secará gradativamente.

      Regar de 15 em 15 dias é muito espaço! Sua orquídea irá desidratar!
      Você deve molhar sempre que o substrato estiver quase seco. Isso pode ser uma vez por semana, duas vezes, todos os dias... depende do clima, de onde ela está plantada, do vaso...
      Dica: Leia as postagens sobre rega.

      O que deve ser feito é o seguinte:
      - adubar e deixar secar naturalmente.
      - na rega seguinte, ou seja, antes dos 15 dias de intervalo, quando você for molhar sua planta, jogue bastante água e deixe escorrer pelo vaso.

      Observe a sua orquídea e ague-a sempre que necessário, assim você evitará que ela desidrate.

      Boa sorte e bem-vinda ao blog!

      Excluir
  8. Oi, adorei seu blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Bem-vindo e volte sempre!!!
      Beijinhos e ótima semana!

      Excluir
  9. Respostas
    1. Que bom! Fico feliz em poder ajudar!
      Beijocas e ótimo finalzinho de semana!

      Excluir
  10. Posso usar adubar de15 em 15 dias um adubo químico diferente, tipo uso o 20-20-20 daqui a 15 dias adubar com o 10-30-20 depois o 08-45-14 e assim por diante

    neuzafogaca@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neuza,

      poder pode, mas para que?

      O ideal é você usar cada adubo nas épocas corretas.

      Por exemplo, para que fique mais fácil de saber quando usar, faça assim:

      Use o adubo de floração quando surgir a Haste(Se for Phalaenopsis) ou a espata (se for Cattleya, Laelia...). O mais comum para adubação é o 10-30-20.

      Quando as flores caírem, você pode usar o de crescimento 30-10-10, até que os brotos estejam crescidos.

      Já o de manutenção, você pode usar durante o ano todo. Ele é bem equilibrado. Ideal para quem tem dúvidas de como usar cada adubo.

      O 08-45-14, pode ser usado na época de floração, ou em qualquer época para estimular as raízes, no caso daquelas que estejam com o sistema radicular fraco.

      Espero que, agora, minha explicação de como funciona a adubação, esteja mais clara.

      Beijinhos,
      Cynthia

      Excluir
  11. Sim está bem clara a explicação, só uma curiosidade minha.
    Cynthia obrigada!

    Vc viu a foto que enviei?

    Neuza Fogaça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neuza, esta semana espero colocar todos os meus e-mails em dia.
      Vou dar prioridade ao seu e-mail.
      Beijinhos....

      Excluir
  12. Olá! Adorei seu blog, tem muitas dicas e informações, estou começando a cultivar as orquideas, herdei da minha mãe que deixou suas "filhas" sob minha tutela... estou correndo contra o tempo e buscando todo tipo de orientação que puder, visto que enquanto minha mãe cuidava delas nunca me interessei muito em aprender... você tem me ajudado bastante!!! Obrigada! Sabe que uma vez conversando com um produtor ele me falou sobre o adubo organico, que aconselha fazer uma pastinha com ele (adicionar um pouco de agua) e colocar no cantinho do vaso que é pra ele não se esparramar e ir liberando gradativamente, fiz isso e achei legal, depois de um mes ainda tinha pedacinhos de adubo no vaso e acho que 'elas' gostaram também. Beijo e valeu!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa idéia da pastilha de adubo orgânico, é boa não só por facilitar colocar no vaso, como evita que os grãos do adubo saiam pelo dreno do vaso.
      Eu não uso adubo orgânico, só o químico, mas o orgânico é muito bom tb.
      Conheço quem faz a combinação dos dois e tem bons resultados.
      Boa sorte no seu cultivo.
      Beijos,
      Cynthia

      Excluir
  13. Olá Cynthia.

    Quanto devo colocar do adubo químico já diluido em cada vaso? Devo borrifar só superficialmente, ou borrifar até ficar bem úmido? Outra dúvida é quando devo iniciar com cada adubo: floração e crescimento?

    Agradeço mais uma vez..
    Fique com Deus

    Beijos *-*

    Aline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline,
      Vou te dizer como eu faço.
      Eu molho a planta no dia anterior ou horas antes. Depois, só aplico o adubo em toda a superfície, com borrifador. Se tiver raízes fora do vaso, eu umedeço-as também.
      Não rego com adubo para evitar o desperdício e por ser químico, ele é poluente, então, eu vou jogar mais adubo na natureza do que o necessário.
      Por isso, umedecer a planta antes e depois adubar, você economiza adubo e a planta se beneficia da mesma forma.
      Beijos,
      Cynthia

      Excluir
    2. Esqueci de responder sobre a época de adubar...
      O de floração, se você souber o mês que ela floresce, comece uns 2 a 3 meses antes a adubação de floração. Se não souber, quando apontar o primeiro sinal de floração (seja por espata ou haste), comece a usar este adubo específico.
      Pare de usar quando as flores se abrirem (só não pare se a sua orquídea for uma Vanda).
      Já o de crescimento, você deve começar a usar quando as flores caírem. Assim que caem, entram em processo vegetativo e depois começam a emitir novas folhas, raízes e até brotos. Esse adubo irá ajudar nessa fase.
      Beijos,
      Cynthia

      Excluir
  14. oi Cintia estou começando criar algumas orquidias e entrei na internet para aprender cuidar delas direito eu li sobre a adubaçao com o produto 8-45-14 mais eu já procurei em varios lugares e nao achei só consegui achar o 10-10-10- e 8-14-8 gostaria se voce pudesse me informar onde eu posso achar em São Paulo desde já muito obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você deve achar em lugares que vendem orquídeas ou grandes garden centers.
      Se não, na internet procure por adubo de raiz para orquídeas, eles tem essa formulação.
      Achei uns links:

      Excluir
  15. Oi Cintia, tenho algumas orquídeas em casa e pretendo começar a adubá-las quimicamente com mais frequência. Seu blog é super completo, mas ficou uma dúvida, quanto do adubo devo diluir em água, melhor dizendo, quantas partes de adubo pra partes de água na diluição... (Por exemplo, 10 gramas para um litro)
    Obrigado desde já!

    Paulo Machado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo,
      Depende da concentração do adubo que está usando.
      Ex: o adubo 10-10-10 é similar ao 20-20-20 e ambos são usados para manutenção, mas no rótulo do 10-10-10 vem recomendando uma quantidade maior de adubo que a do 20-20-20.
      Então não há como dizer exatamente a quantidade em gramas, mas...
      Para simplificar, eu uso a seguinte regra.

      Se o rótulo indica uma colher de café para cada litro de água de 15 em 15 dias, eu vou usar:
      - 1/2 colher de café em cada litro de água, e aplicar semanalmente ;
      ou
      - 1 colher de café para dois litros de água, e aplicar semanalmente.
      Ou seja, eu fiz a proporção de diminuir para 50% do adubo, se eu diminui o intervalo de adubação em metade do tempo.

      Consegui explicar direitinho???
      Espero que sim! Se não, pode me perguntar o que não entendeu.
      Ótima semana!

      Excluir
    2. cynthia, o meu adubo é 4-4-8, este adubo serve para as orquideas?

      Excluir
  16. Cynthia, fico encantada com as flores das orquideas e tenho uma herdada de minha avó; com as suas dicas cuidarei mto bem dela.Muito obrigada por compartilhar seus conhecimentos.Abç. Ednéa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ednéa,
      Eu é que agradeço esse carinho de vocês que me visitam!
      Beijos e bom fim de semana!

      Excluir
  17. Ou Cynthia eu uso o adubo azul de 15 em 15 dias, minhas orquideas não florecem muito kkkkkk, e as que florecem tem flores menores do que aquelas de quando eu comprei :-( o que faço?

    Att, Renata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata,
      Pelo que parece, você adubo com Peters, um adubo granulado de cor azul. Eu gosto bastante!
      Se você fornece adubo regularmente (como rotina), e usa adubo de floração quando esta fase começa, pode ser lugar pouco iluminado.
      Você faz adubação em períodos certos? A orquídea gosta de constância!
      Se sim...
      Então, faça uma avaliação do espaço onde você as cultiva.
      Será que não está com pouca luz?
      Beijos,
      Cynthia

      Excluir
  18. Cyntia,

    Uso o adubo Peters sim.
    Uso o adubo de 15 em 15 dias (ate faço anotações de datas para não esquecer) e coloco 1 colher de cafe diluido em 1 litro de agua, aplicando apenas 1 xicara de café em cada vaso, será que está pouco?
    Quanto a luminosidade acho que não estava legal mesmo, faz uns 2 meses que mudei algumas de lugar, e das 6 orquideas que mudei uma delas ja esta florecendo com 9 botões.
    Acredito que podia mesmo ser este o problema.
    Quem sabe as outras também não me presenteiam com suas belas flores né.
    Te mandei um email falando em especial de uma oncidium, se depois puder me responder agradeço.
    Fiquei fã do seu blog e até já comprei o biofert para fazer minhas estufas heheheh.
    Bjos, Renata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata,
      Eu gosto de aplicar o adubo mais com o pulverizador, quanto a qt, tem que ser a suficiente para umedecer todo o substrato. Isso depende do tamanho do vaso, da quantidade de raízes...
      Fico feliz que curtiu o meu blog.
      Espero que volte sempre!
      Beijos,
      Cynthia

      Excluir
  19. boa tarde cynthia . primeiramente lhe parabenizar, pela iniciativa do blog e como ele pode ajudar iniciantes como eu. a minha duvida e a seguinte . adquirir duas especies de orquideas uma e a dedrobium e a outra cattleya , nao sei se posso aduba la ainda com flor . ou se espero as mesma cair par ai sim poder aduba las. nao querendo abusar , so mais uma perguntar minha cattleya esta com duas folhas dela com tom meio ferrugem. tentei limpa las com algodao e agua mas não sei se resolveu . oque vc me recomendar? um grande abraco e muito grata pelo blog e por tudo que ele me ensinar... vanessa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanessa,
      Seja bem-vinda!!!
      A única orquídea que precisa de adubo na fase de floração é a Vanda. Os outros gêneros não aproveitam o adubo. Então se vc adubar, irá jogar dinheiro fora. Adube somente após a queda das flores.
      Qt a mancha de ferrugem, existe uma doença chamada "fumagina", mas aguarde para ver se aparecerá mais sinais, pois como foi comprada agora, pode ser que a doença já tenha sido controlada no criadouro.
      Caso apareça mais, entre em contato comigo.
      Beijos,
      Cynthia

      Excluir
  20. tenho uma fhal num vaso de coco com fibra de coco adubo com farinha de osso. fica num lugar sem sol com mt luz esta linda. bjs

    ResponderExcluir
  21. maria sonia mauro dias2 de setembro de 2012 07:07

    OiCynthia!!! eutambém tenho orquideas egosto muito delas , amei suas expicaçõse bjoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Maria Sonia!!!
      Adorei receber sua visita e seu recadinho!!!
      Volte sempre!!!
      Beijos,
      Cynthia

      Excluir
  22. adorei todos os coment´rios, pois também estou cheis de dúvidas quanto ao cultivo dessa planta tão bela e tão difícil de cuidar.Mas com essas dicas esclarecedoras, acho que vou melhorar a qualidaded das poucas orquídeas que tenho. obrigada pelas respostas dadas a tantas pessoas interessadas no assunto. neuracy.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neuracy,
      Que bom que pude ajudar.
      As orquídeas são difíceis q exigem cuidados diferentes das outras plantas, mas com o tempo e estudo, você descobre os segredinhos e cultivá-las vai ser muito mais fácil do que você poderia imaginar.
      Beijos,
      Cynthia

      Excluir
  23. Olá.... Tenho algumas phalaenopsis, esse ano umas soltaram de 2 a 3 hastes com várias flores, todavia, as folhas estão enrugadas e manchadas. E outra soltou apenas 1 haste com 3 flores. Gostaria de saber se elas podem ficar embaixo de sombrite com 80% de cobertura do sol, recebendo raios indiretos de luz. E se a adubação e o corte da haste fará com que elas se recuperem e na próxima floração soltem mais hastes com mais flores. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria,
      O tipo de sombrite depede da região que você mora. Por exemplo, a incidência do sol de SP capital não é a mesma que em Recife.
      A Phal é de meia sombra, se ficar pegando sol, as folhas ficam amareladas e podem se queimar facilmente dependendo do tempo que recebem sol.
      Quando estiver recebendo os raios solares, toque nas folhas delas para sentir se estão quentes. Se estiverem, o sombrite não está adequado ou elas estão em local muito alto, e você pode deixá-las em local mais baixo, mais perto do solo.
      Folhas enrugadas é sinal de desdratação. Pode ser excesso ou falta de água. Sinta o substrato antes de molhar. Coloque o dedo no meio do substrato e sinta se há umidade. Se tiver, não molhe, se estiver seco ou quase seco (ligeiramente úmido), molhe!
      Beijos e boa sorte.
      Cynthia

      Excluir
  24. Olha só, que maravilha de orientação!!!! e olha que eu pesquiso heim...
    Vou seguir o que vc falou, tenho certeza que vai dar certo.
    Eu só queria tirar uma dúvida, eu uso o adubo Biofert à cada 15 dias, ele é bom? é o suficiente? Tenho também as pedrinhas azul de 10-30-20, posso usar na rega, borrifando todo dia? No momento em Araraquara, o tempo está quente e seco!
    Aliás o tempo daqui é bipolar, não sabe se esquenta ou esfria! Por isso eu disse "no momento tá quente e seco", amanhã pode mudar!
    Obrigada e parabéns pelo site e por nos orientar tão bem... Beijos.. E desculpe tantas perguntas!

    ResponderExcluir
  25. ola meu nome e patricia,tenho varias orquideas, muitas estao amarradas em um pedaço de galho de laranja tem umas que estao dando flores,mais tem outras que estao bem feias naum estao desenvolvendo,as que estao no xaxim tem uma que da flor todo ano este ano ela ja deu 10 flores mais ela esta com as folhas amareladas e esta dando umas pintinhas pretas em baixo das folhas.achei que poderia ser do sol mais elas estao em baixo de um sombrite para reduzir o sol e a chuva.eu uso torta de mamona e o fertilizante mineiral 4-14-8 mais naum tenho muita deciplina na adubagem.gostaria de saber o q pode esta acontecendo pois naum qro perder elas.se vc puder me ajudar agradeço desde ja.obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patrícia, pelas características, pode ser fungo.
      Aconselho que compre um fungicida sistêmico e aplique na(s) orquídea(s) infectada(s).
      Basta ir em uma casa de flores que venda adubos, que possivelmente terá este remédio.
      As manchas não somem mais! Ficam como cicatrizes, mas se não aparecer mais manchas, ótimo! O fungo foi eliminado.
      Aconselho usar a cada 15 dias. 2 ou 3 aplicações deverão ser suficientes.
      Beijos e boa sorte!

      Excluir
    2. mas sobre os adulbos que estou usando e os certos ou devo trocar?e quantas vezes por mes devo colocar adulbo delas?ah posso usar adulbo se elas estiverem com flores?se naum for os adulbos certos vc poderia me indicar um bom?mt obg desde ja.

      Excluir
    3. cynthia tem como vc me passar seu email para poder mandar fotos das minhas orquideas para vc analisar?

      Excluir
  26. No meu adubo aparece 4-4-8... em percentagem ou seja, 4%-4%-8%...
    Este será para quê?

    ResponderExcluir
  27. boa noite
    tenho algumas especies que dão flores todos os anos mas este ano aparecerão manchas negras nas folhas de algumas e até já perdi algumas./
    sempre coloco farinha de ossos mas nunca usei nenhum adubo, o que devo fazer?

    ResponderExcluir
  28. Boa noite

    Adorei seu blog e suas dicas

    Abraços

    Eliane

    ResponderExcluir
  29. Oi Cinthia, adorei o seu blog suas dicas são super utéis,minhas orquideas estão todas na arvores, apliquei o adubo seguindo suas orientações, minha dúvida é o quanto pulverizar, e se sobrar o liquido? posso guardar.

    Um grande abraço e parabéns

    Sandra

    ResponderExcluir
  30. BOA NOITE...MORO EM BRASÍLIA E GANHEI UMA ORQUÍDEA DENDROBIUM PLANTADA EM UM VASO DE VIDRO MAIS NÃO EM TERRA.AS FLORES CAÍRAM POR TOTAL
    GOSTARIA ENTÃO DE SABER ENTÃO DE ALGUMAS COISAS:
    -SE POSSO DEIXÁ-LA NESSE VASO E PLANTADA SEM TERRA OU SE É MELHOR REPLANTÁ-LA;
    -QUANTAS VEZES REGO;
    -SE PRECISO FAZER ALGUMA PODA;
    -SE CONTINUAR NESSE VASO E NESSAS CONDIÇÕES DE PLANTIO,O QUE DEVO USAR PARA FICAR BEM E AS FLORES BONITAS;

    ResponderExcluir
  31. Cynthia tenho algumas orquideas pha, e algumas delas eu ganhei quase mortas agora estou tentando salvá-las, mas tem uma em especial que está meio murcha, e suas rízes fracas posso colocar o adubo 10-10-10 quinzenalmente?
    Obrigada, Lilian

    ResponderExcluir
  32. ola boa tarde. tenho uma phalenopsis em flor desde novembro, agora as folhas estão a cair. nunca adubei, agora é a melhor altura para adubar ou deixo as flores caírem primeiro? Se sim E quando retorno a adubar? Devo isolar a planta durante o tempo em que n estiver em floração ou pode continuar a média luz como tem estado. Quando pensa que voltará a florir? obrigada, Silvia

    ResponderExcluir
  33. Olá, meu nome é kamilla, tudo bem? Ganhei uma muda de orquídea mas não sei de que espécie é. Queria postar uma foto mas não. consegui. Ela tem bulbo parecido com a chuva de ouro, com duas folas alongadas mas não tão grandes como as da chu.de ouro. Como faço pra postar uma foto?. Obg.

    ResponderExcluir
  34. bom dia cynthia. encontrei seu blog e fiquei apaixonada, vc realmente entende muuitíssimo e explica tudo muito bem, parabéns!
    tenho uma vanda pachara delight que comprei já adulta porém sem flores. estou com ela desde dezembro e faço adubação homeopática com peters e com complexo B. ela fica em ambiente muito claro, porém não toma sol direto, nem tampouco chuva. recentemente está soltando raízes muito grossas e muitas...porém não há sinal nenhum de floração...será que tenho que trocar de lugar e colocar onde ela pegue sol? obrigada, adriana

    ResponderExcluir
  35. Muito interessante seu blog!! Já marquei como favorito!! Tenho algumas mudas de orquídeas e tenho medo de colocar adubos. O que você acha sobre isto? o 30-10-10 seria o ideal para plantas bem pequenas ou é melhor não adubá-las?

    ResponderExcluir
  36. Olá, tenho várias Pha. mas duas em especial estavam com flores, e as folhas começaram a aparecer uma manchas aquosa, eu cortes as hastes de flores pois me falaram que as flores sugam mais energias da orquídea, cortei também as folhas que estavam debilitadas. Gostaria de saber se ela vai se recuperar, se eu fiz certo... Aguardo ansiosamente sua resposta. Meu e-mail: hani_cs@hotmail.com

    ResponderExcluir
  37. Parabéns pelo blog e por tudo aqui publicado. Gostei muito das explicações e como sou amadora acho que vou aproveitar muito. Te mandei um email também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lilian, seja bem-vinda!
      Meu email está inativo.
      Mas se tiver alguma dúvida, pode publicá-la aqui.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  38. Cynthia, parabéns pelo blog, estou iniciando neste mundo !!!

    ResponderExcluir
  39. Parabéns pelo blog ja estou te seguindo.

    ResponderExcluir
  40. Olá, adorei seu blog. Tenho uma orquídea Phalaenopsis. Em janeiro fevereiro deste ano ela estava com flores e agora começou a nascer novos botões e nasceram neste decorrer de tempo duas novas folhas. Notei de uma semana para cá que suas folhas debaixo, e algumas em cima estão ficando tristes, murchas e estou muito preocupada. O que pode ser? Pode me ajudar?

    Aline, e mail. neninhass@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline,
      Pode ser só pq são folhas mais velhas.
      Observe as demais folhas e se elas se mantiverem saudáveis ótimo!
      As folhas estão verdes, correto? Não estão amarelando?
      No momento estou sem email, mas vc pode mandar msg por aqui, ou então pelo G+ (me adiciona - link lá em cima no canto direito, ao lado do meu nome).
      Bjs e boa sorte

      Excluir
  41. Joaquim Pedro Da silva17 de agosto de 2013 00:11

    Olá Cynthia.
    Seu blog está muito bom, Sou marinheiro de primeira viagem, estou cultivando orquídeas à cinco messes e já possuo 47 plantas. Porém as duvidas são grandes.
    Espero contar com sua experiência.
    Um grande abraço.
    Joaquim Pedro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Joaquim,
      Pode mandar suas dúvidas para mim.
      Se quiser, pode me adicionar no G+ (link no canto superior direito, ao lado do meu nome). Por lá dá para mandar mensagens tb.
      Abçs,
      Cynthia

      Excluir
  42. Olá Cyntia.
    Consulto regularmente seu blog, pois ele é ótimo para quem está se iniciando no mundo das orquídeas como eu. Você poderia me ajudar? Em maio do ano passado ganhei uma chuva de ouro maravilhosa, que voltou a florir no final do ano. Montei meu pq orquidário em abril e mudei ela para lá. Acontece que a bichinha foi decaindo, decaindo e hoje quando resolvi replantá-la qual não foi minha surpresa quando encontrei umas bolinhas que iam desde do verde ao amarelo que ficavam soltas junto as raízes, e não eram poucas e de vários tamanhos, qdo estorei uma delas era uma "coisa melada" dentro. Você sabe me dizer o que vem a ser isso?? Tirei uma foto... se vc puder me ajudar mais uma vez.... Agradeço de coração!!!!
    Celiamara Trindade Arrais
    foto = https://www.facebook.com/celiamara.arrais/media_set?set=a.3946503560538.1073741825.1818535677&type=3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Celia,
      Adorei suas orquídeas!
      Vi seu orquidário e ficou ótimo! Muito bem! Colocou até a pedra brita!
      Só me pareceu um pouco escuro, é sempre assim ou foi o horário da foto?
      Quanto as bolinhas, eu nunca tinha visto, pelo menos não me lembro de ter visto. Eu cultivo Oncidium só em árvore (pq dá muda mais rápido), então não sei se tem algo a ver.
      Como achei com pouca luminosidade, pode ser isso que tenha deixado a sua orquídea mais murchinha, pois ela gosta de muita claridade e até um pouco de solzinho da manhã.
      Tente mudá-la para uma área mais clara e observe-a por alguns meses, veja se ela recuperou as forças.
      Bjs,
      Cynthia

      Excluir
    2. Bom dia, querida!
      Fico feliz que vc tenha gostado do meu cantinho, é minha paixão. Qto a escuridão, rs acrdito que foi a foto que tirei durante o inverno rigoroso que houve por aqui, rs...fiquei preocupada com geada e grampeei por cima do sombrite um cobre leito velhinho que tinha pra evitar que caso a danada aparecesse de repente não agredisse minhas filhinhas.... já retirei.... meu sombrite é de 80%. Qto as bolinhas... qdo as descobri, retirei todas, lavei (borrifei) o que sobrou da planta com cobre (foi o que me veio na cabeça para evitar a proliferação daquilo), e replantei. Parece que está se regenerando, estou tendo até impressão que está soltando novas folhas.... vamos aguardar e observar, né?! .... um bj enorme e agradeço por tudo, principalmente sua atenção e carinho.... Ahhhh, será que consigo cultivar alguma orquídea no eucalipto tratado do meu orquidário? ela segura?! bjão...

      Excluir
  43. Eu dei uma orquídea azul para minha mãe eu gostaria de saber se pode jogar água de anil nela par continuar azul.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não!
      Se fizer isso, vai matar as raízes.
      Não há o que fazer. Naturalmente ela voltará a ficar branca.
      Bjs

      Excluir
  44. Eu dei uma orquídea azul para minha mãe eu gostaria de saber se pode jogar água de anil nela par continuar azul.

    ResponderExcluir
  45. olá Cynthia, gostaria de saber aonde encontro o adubo que você cita logo acima, Adubos Peters 8-45-14? E o seu endereço, é São Paulo?

    Aguardo retorno
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu compro em estabelecimentos que vendem plantas. Geralmente eles têm uma seção com adubo e é só pedir ao vendedor. Nem sempre é fácil de achar e definitivamente não vende em supermercado.
      Moro no Rj e compro em uma chácara que vende todos os tipos de orquídeas.
      Bjs e boa sorte

      Excluir
  46. Prezada Cynthia

    Bom Dia

    Tentei lhe enviar pelo e-mail divulgado mas o mesmo esta desativado (li seu post sobre o e-mail e reforma). Putz boa sorte REFORMA e CONSTRUÇÃO são crueis, rsrsrs

    Reporto o mesmo na integra.

    Aguardo contato por e-mail quando possível.
    Sou Gustavo Copetti, moro no interior de São Paulo.

    Já fiz alguns cursos sobre Orquídeas, sou biólogo (não atuante rsrsrs). Tenho um pouco de conhecimento sobre elas.

    Meu antigo orquidário era misto tinha várias espécies. Mas este eu não possuo mais, hordiernamente esta na cháraca do meu pai, onde o mesmo as mantém.

    Recentemente começei a realizar um antigo sonho. Fazer um orquidário somente de Phalaenopsis. Com isso adquiri algumas plantas floridas e estou cultivando.

    Todas estão com flores por este motivo deixo-as dentro de casa em uma sala iluminada e em breve transferirei para o orquidário outdoor com tela de sombrite 50%.

    Visitei seu blog e adorei as informações nele contidas, já li tudo sobre as Phalae. Parabéns pela sua forma de escrita e conhecimento com as plantas. E principalmente por divulgar seu vasto conhecimento e ajudar a todos com suas dúvidas.

    Vou seguir seus conselhos sobre adubação, regas e substrato.

    Gostaria de adquirir novas Phalae, vc indica algum fornecedor de boa índole com plantas de boa qualidade?

    Quero manter contato. Se eu puder ajudar em algo tenho um vasto material sobre orquideas.

    E sempre que tiver informações sobre Phalae me reporte. Pois ainda sei pouco sobre as mesmas.

    Muito obrigado desde já e PARABÉNS.

    Sem mais

    GUSTAVO COPETTI
    gucopetti@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gustavo,
      Obrigada pelo carinho.
      Se quiser partilhar suas informações, serão muito bem-vindas!
      Pode escrever matérias que publicarei aqui no blog com crédito em seu nome.
      Quando as mudas, é bem complicado...
      Onde vc mora? Eu sou do Rj e só conheço gente daqui.
      Costumo comprar em exposições.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  47. Olá! Tenho uma orquidea Phalaenopsis, oferecida no ano passado, tinha duas hastes floridas, naturalmente perdeu as flores, mas nao cortei as hastes. Este ano, nasceu uma folha, outra haste mas a nova floracao nas hastes foi muito muito fraca, depois das flores caires, as 2 hastes iniciais secaram e eu cortei, mas desde entao a orquidea comecou a ir abaixo. Folhas caidas, reparei que as raizes estavam podres cortei todas, as folhas comecaram a cair, e como vi as raizes podres nao reguei mais e coloquei a orquidea ao sol para secar.. Cortei a ultima folha da orquidea hoje, a base estava preta e mole (podre tambem talvez) e so tem uma raiz a funcionar. É possivel que ela volte a desenvolver?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, ao que parece ela foi atacada por um fungo que é responsável pela podridão da base da orquídea.
      Possivelmente foi excesso de rega ou então exposição ao sol que causou queimadura e abriu entrada para os fungos.
      Faça adubação para raízes, assim vc irá fortalecer a planta, mas se estiver sem folhas, dificilmente viverá.
      Vc deve tb tratar o fungo. Hj coloquei uma postagem sobre isso. Dá uma olhada na página inicial do blog.
      Bjs e boa sorte!

      Excluir
  48. olá Cynthia,quero parabeniza-lá pelo seu blog,sempre que posso estou lendo e seguindo suas dicas,esta da UTI,eu fiz com vitamina B,e me parece que vai dar resultado,já gosto muito de cymbidium,tenho varias que ganhei e comprei também com flores,mas no ano seguinte não florecerão mais,talves voce possa me ajudar. Quanto aquele adubo,8 45 14 aonde posso encontra-lo. Agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucena, se não tiver um estabelecimento que venda adubo e venenos na sua cidade, vc pode tentar comprar pela internet. Só tome cuidado com o site. Prefira sites de empresa ou então lugares que vc possa comprar pelo pagseguro ou paypal.
      Bj, Cynthia

      Excluir
  49. Olá...Tenho ainda algumas dúvidas....No caso do adubo de manutenção, 10-10-10 ou 20-20-20, qual dos dois é melhor? Quanto a marca, qual daquelas duas no início do post, a líquida ou do pozinho azul é melhor? As duas são pra regar a planta? Na fase do 'enganamento' do dendrobium, devo adubar ou não?Agradeço se me esclarecer essas dúvidas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosana,
      É a mesma coisa! 10-10-10 e 20-20-20 é igual. A diferença é que o primeiro vc coloca uma dose maior de pó por litro.
      Quanto a marca, não tenho preferência, mas prefiro os solúveis em água.
      Pode adubar para floração.
      Bjs e bos sorte

      Excluir
  50. Olá Cynthia, meu nome é Suely, Gostaria muito que vc. postasse alguma coisa sobre a orquídea Santa Bárbara Sunset, ela é uma planta simples, porém linda, as minhas estão sem flores, ela é resultado de um cruzamento feito na California (Cidade de Santa Bárbara). Gostaria de saber de há alguma maneira especial de cuidar delas. Acredito que seja planta resistente ao calor, o clima aqui da minha cidade ( Maricá=RJ) que é uma cidade litorânea, é muito quente, praticamente não temos inverno. um beijo enorme e parabens pelo blog.
    sularabelo@ig.com.br
    bjs. SUELY

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc sabe me dizer se a sua é do gênero Laelia ou do cruzamento entre os gêneros Laelia x Cattleya?
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  51. ola, estou com problema nas minhas orquideas cymbidium, elas começam a secar as pontas das folhas, qdo vejo ja posso qebrar a folha seca, começou com uma ai não dei atenção e agora ja estão todas assim, o que eu faço?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taizi, não cultivo Cymbidium pq moro em clima bem quente.
      Pode ser excesso de frio ou de vento.
      Vc já reparou se as folhas menores também apresentam as mesmas características ou só as folhas maiores?
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  52. Cynthiaz, parabens pelo seu blog. Otimas informaçoes. A chacara que /vc compra os seus adubos , tem algum site, um meio de comunicaçao?
    Abraços Wania

    A

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wania, eu costumo comprar os adubos aqui no Brasil em feiras de orquídeas. Sempre tem uma banquinha da associação que organiza a exposição com substrato, vasos, adubos....
      Vc mora aonde?
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  53. Ola Cyntia, adorooooo o seu blog. Tenho uma pequena colecao de 10 orquideas diferentes entre si predominando a Phal. Recibi uma ha 4 anos atras e dai em diante foi um vicio so. Hoje tenho dendrobium, cattleya, phal, oncidium, etc. Minha phal flora todo ano, um expetaculo! Tenho lido bastante sobre os cuidados, clima, adubacao, temperatura, luminosidade, etc mas ainda tenho uma duvida: o adubo a ser usado deve ser especifico para orquideas? Ou, posso usar qualquer um que obedeca a regra do NPK espeficifico para cada epoca? Agradeco desde ja imensamente as suas explanacoes que sao claras e otimas de serem lidas.
    Taina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taina,
      Os adubos devem ser NPK, eu só prefiro aconselhar os solúveis em água, pq são mais fácies de evitar erros. Tem NPK do tipo em que você coloca a colherada no canto do vaso, mas dependendo do substrato, podem acabar indo embora com a rega e eles demoram mais tempo para agir, pois precisam ser fermentados pela ação do tempo+água. Já os químicos solúveis são de absorção imediata e a rega seguinte deverá ser abundante para tirar os sais que ficarem.
      Então serve sim qq NPK, é a numeração que determinará qual a época a ser usada. na dúvida, aplique os de manutenção (10-10-10, 20-20-20 ou 30-30-30).
      Beijos e boa sorte!

      Excluir
  54. quanto tempo demora a muda de dendobium nobile para florir?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Martha, demora um bocadinho. rsss
      Mais ou menos de 2-3 anos.
      Mas passa rápido. Vc verá!
      Beijocas, Cynthia

      Excluir
  55. cyntia minha muda de dendrobium trouxe do sitio com uns 17 cm, amarrei nun pedaço de xaxim
    mais ou menos quando irá florir, será q da pra ter idéia?
    obrigado

    ResponderExcluir
  56. Olá Cynthia, amo seu blog e aprendo muito com vc. Sabe ainda tenho dúvidas sobre adubação, como por exemplo: já li aqui que quando a orquídea acabar de florecer devo usar o adubo de crescimento. Mas até quando devo usar o adubo de crescimento? E posso usar o adubo de manutenção junto com os adubos de floração e de crescimento? Ou não precisa? E outra coisa, agora quando compro um novo exemplar, eu espero acabar a florada e tiro ela de onde veio, que geralmente são aqueles potinhos de plásticos sem ventilação, lavo bem, coloco de molho em uma mistura de água de flores de camomila com canela em pó. Me disseram que era um bom fungicida natural. Depois eu coloco num lugar com substrato novo, afinal não sei quanto tempo esse substrato está nela. Estou errada? Com qual produto posso deixar de molho um pouquinho só antes de replanta-la? Esse fungicida é bom? A calda bordalesa eu não encontro por aqui e achei muito difícil de fazer. O que vc me indica? Desculpe pela carta kkkkk, mas agradeço desde já se vc puder me responder.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patrícia,
      Obrigada pelo carinho!

      Vamos as suas dúvidas...
      Após a floração a orquídea entra em um período de dormência, que nada acontece. É como se ela hibernasse igual a um urso. Cerca de 20-40 dias depois, ela começa a dar sinais de que saiu da dormência. Isso você percebe pelo surgimento ou de novas folhas, ou de raízes novas ou mesmo brotos.
      Aconselhamos começar a adubação após a queda das flores pq aí vc não precisa ficar olhando sempre, mas a verdade é que ela só vai absorver o adubo se estiver fora da dormência.

      Basicamente a orquídea passa por 3 fases:
      - Floração: Quando surgem os primeiros sinais de que vai florir até a queda total das flores e secagem da espata ou haste floral;
      - Dormência/hibernação: quando acaba a flor e ela faz uma pausa de descanso que dura, geralmente, até 40 dias após a secagem da haste floral/espata que abriga a flor. podendo terminar antes de 40 dias (em algumas a fase dura menos de um mês);
      - Crescimento: Após a dormência. É a fase que a orquídea começa a emitir folhas, raízes e brotos novos. Termina quando começa o inicio da floração


      Quando a outra dúvida...
      Quando você tem uma planta recém comprada, o ideal é fazer a troca do substrato após a dormência. Você pode colocar de molho por 30 minutos na água com hormônio ou adubo enraizador diluído. Serve também 4 gotas de complexo B para 500ml de água.
      Quando a camomila com a canela em pó, realmente não sei se funcionaria, mas mal com certeza não fará.
      Salpicar canela nos cortes que você deu é importante, pois cada corte é uma ferida e uma ferida é uma porta de entrada para fungos, bactérias vírus....

      Espero ter ajudado.
      Beijocas, Cynthia.

      OBS: Achei sua dúvida interessantíssima e farei, em breve, uma postagem sobre isso.

      Excluir
    2. Publiquei hoje a sua dúvida!
      http://cynthiablanco.blogspot.com.br/2014/07/mais-sobre-adubacao-qual-epoca-de-usar.html
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  57. Olá Cynthia, comecei a cultivar orquídeas há pouco tempo e só aqui no seu blog consegui encontrar respostas objetivas quanto à adubação pra esclarecer minhas dúvidas! Muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, que bom que pude ajudar.
      Já que é um assunto do seu interesse, depois dê uma lidinha na resposta que dei ao comentário acima (da Patrícia), pois expliquei outras coisas que considero importante.
      Beijos, Cynthia

      Excluir
  58. Cynthia muitooooo obrigada pelas suas explicações!!!!!! Você é muito linda como pessoa que se importa tanto em nos ajudar! Fiquei muito feliz por isso e me ajudou muito. É tão bom quando as pessoas podem nos explicar as coisas, principalmente onde moro que não encontrei ninguem pra tirar minhas dúvidas, aí dependo muito da internet! mas que bom que sei que posso confiar numa pessoas tão querida com você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patricia,
      Fiquei muito emocionada com a sua mensagem!
      Muito obrigada pelo seu carinho.
      Isso me motiva mais a continuar!

      É um prazer para mim ajudar e sofri muito no começo, pois também não achava ninguém para sanar minhas dúvidas (e no começo são tantas, né?!).
      Espero poder continuar ajudando!
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  59. Cynthia sabe o que me intriga muito é que adquiro orquídeas floridas e sempre quando vou estudar sobre elas descubro que o mês certo da sua floração é outra, elas estão floridas mas não é o mês que deveriam estar assim, não bate com tudo que leio. O que acontece????? Fico confusa com isso! Você sabe o por que disso?? Muito obrigada desde de já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rssss
      É verdade!
      Isso é porque são cultivadas em estufas controladas!
      Hj eles conseguem fazer orquídeas florir quase o ano todo, mesmo qd elas são restritas a florir na primavera, por exemplo.
      Qd lemos o mês de floração, em geral, as próximas floradas serão naquela época. Salvo algumas excessões.
      Mesmo assim, é comum ter variação.
      Por exemplo...
      Eu tenho um grupo de Denphal que floresce em abril/maio, mas a época delas é no inverno. Vai entender! rsss
      Provavelmente vem do cultivo em estufas controladas e a planta assumiu essa época de floração.
      Beijocas, Cynthia

      Excluir