quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Phalaenopsis: A importância da rega.

Você sabia que no quesito rega, a Phalaenopsis 
foge a uma regra geral das orquídeas?


Geralmente os cultivadores indicam que as orquídeas plantadas em vaso, devem ser molhadas uma vez na semana.

Só que a Phalaenopsis, além de gostar de umidade, por não ter pseudobulbos (veja as fotos comparativas abaixo), não conseguem fazer reserva de água e nutrientes como é o caso do gênero Cattleya, por exemplo.



As Cattleya, Laelia, Dendrobium... por terem reserva de água nos pseudobulbos, absorvem a água mais lentamente. 
Já as Phalaenopsis, exatamente por não terem esse reserva, absorvem mais rapidamente a umidade do substrato.


Sendo assim, os vasos de Phalaenopsis secam mais rápido do que os das orquídeas com pseudobulbos. Por isso, a regra geral de molhar uma vez na semana, não vale para as Phalaenopsis.

Para saber se é hora de molhar as raízes de suas Phalaenopsis, o ideal é colocar o dedo diretamente no substrato e sentir se há umidade. Se estiver seco, é hora de regar. (Você também pode usar a dica do hashi)

Caso ela esteja em árvores, a rega deverá ser diária e suspensa somente nos dias de chuva.

Se você não regá-la e ela ficar completamente seca por alguns dias, ela apresentará sinais de desidratação. (Foto: Phalaenopsis desidratada - Fonte: fórum aorquidea).



A qualidade do substrato também influência diretamente no intervalo das regras.
Quando o substrato é novo, ou seja, ela foi recentemente plantada, ele secará mais rapidamente do que um substrato mais antigo, que já está mais deteriorado. Nesse caso, o substrato irá reter a umidade, portanto, irá demorar mais para secar.


Importante! 
Nunca deixe pratinho em baixo do vaso da sua Phal. A água empoçada ajuda no ataque de bactérias e fungos. Isso é letal para elas!

  
Mais uma dica...
Na hora de regá-la, tenha cuidado com as folhas. Deve-se evitar molhá-las para que a água não acumule na axila da Phal
Clique abaixo e leia a postagem sobre esse importante cuidado:

20 comentários:

  1. Adorei o post. Já tive uma Phalaenopsis que infelizmente morreu. Agora vejo que cometi pequenos erros que somados podem ter contribuído para isso.

    Você tem a Epidendrum fulgens? A minha já está florescendo.

    Um grande abraço.

    http://olhareseleituras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. A Phal tem seus segredinhos.
    No começo do cultivo eu matava várias também.
    Agora, com a experiência, vejo que são pequenas coisinhas que juntas, prejudicam muito a Phal.
    Eu tenho um Epidendro híbrio. Dá uma olhada na foto dele:
    http://cynthiablanco.blogspot.com/2011/10/comprei-na-exposicao-do-jardim-botanico.html
    Agora, ele está no final de floração, mas tá cheio de mudas.
    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  3. Cythia, meu nome é Pedro, sou um doidofilo,kkk,e seu blog é mto boom eu tbm sou dono de um blog, pedroporquideas.blogspot.com, e espero entrar em parceria com vc, para juntos podermos enriquecer a cabeça dos nossos seguidores, dá uma passadinha lá e ve o meu unico post, ainda estou começando,kkk'
    abraços
    PPaulo

    ResponderExcluir
  4. Muito legal você montar o seu blog.
    Seria ótimo podermos trocar matérias, sugestões...
    Podemos linkar um blog no outro, o que acha?
    Vou dar uma olhadinha no seu blog.
    Boa sorte e Bom cultivo!!!

    ResponderExcluir
  5. passei aqui pra deixar um bj e saber sobre a melhora de seu esposo.
    kare

    ResponderExcluir
  6. Olá Cynthia,
    Espero que seu marido esteja se recuperando bem e desejo-lhes muita SAÚDE, que é do que mais precisamos.
    Não imagino alguém que não tenha tido uma Phal e a tenha perdido por excesso de água e orientação, mas estou bastante feliz com a minha que coloquei na UTI e estou só esperando para vê-la florir.
    Adorei as dicas de decoração natalina, sempre bastante ilustrado e de muito bom gosto.
    Estou passando umas fotos e algumas dúvidas, é claro, no e-mail para "explorá-la" um pouquinho.
    Um forte abraço e boa tarde feliz!!!!
    Shirley Nesi

    ResponderExcluir
  7. Cynthia, eu acho muito legal isso de trocar matérias, e eu queria postar uma matéria sua sobe substratos, tenho sua permissão, e eu estou esperando sua visita viu, todo fds tem um post novo no meu blog, e fica ai o endereço pra quem quiser visitar pedroporquideas.blogspot.com, visitem, questionem, comentem, perguntem, e façam parte do meu blog que está tão fraquinho...., e cynthia eu já faço parte do seu blog, viu!!!!!, abraços e bom cultivo pra vc!!!!

    ResponderExcluir
  8. olá Cynthia, qual o melhor tipo de vaso para a phalaenopsis? em muitos lugares encontro a phal em vaso de plástico transparente. Este é o ideal? onde moro não vende o vaso transparente. Qual o tipo que substitui?

    ResponderExcluir
  9. Shirley,
    Ainda não abri o e-mail, mas vou ver agora minha caixa.
    Obrigada pelo seu carinho de sempre.
    Ótimas notícias sobre o meu marido. Foram somente fraturas e com repouso ele ficará bem.
    Beijinhos,
    Cynthia

    ResponderExcluir
  10. matéria, as fotos, o que você quiser colocar e eu posto. manda seu nome e seu blog junto, para as pessoas saberem que foi você quem escreveu.
    Muito legal a sua participação.
    Com tantas reviravoltas por causa das fraturas do meu marido, acabei tendo que deixar o blog, mas vou visitar o seu e me adicionar lá.
    Um excelente finzinho de semana para você!

    ResponderExcluir
  11. O melhor vaso é o transparente, mas você pode usar também o de plástico preto ou os coloridos.
    Se for usar o de barro, precisará molhar mais vezes, pois ele seca muito rápido e a Phal gosta de umidade. Por isso, aconselho mais os de plástico.
    Se a raiz sair do vaso, com o tempo, não volte a enterrá-la, ela está em busca de luz.
    Em muitas regiões do país não se consegue vaso transparente, e as pessoas cultivam em vasos de plástico comum.
    Boa semana e bom cultivo!

    ResponderExcluir
  12. Kare, graças a Deus ele está se recuperando.
    A hérnia foi descartada! Ufa!
    Muito obrigada pelo seu carinho.
    Beiinhos,
    Cynthia.

    ResponderExcluir
  13. Belo blog conheça nosso trabalho tmb nosso site é www.mercadodaorquidea.com.br

    ResponderExcluir
  14. Wagner
    Que bom receber a sua visita.
    Vou retribuir conhecendo o seu site!!
    Boa semana.
    Cynthia

    ResponderExcluir
  15. Olá Cynthia!
    A imagem de Phalaenopsis em vaso transparente que seu blogue publicou pode indicar falta de humidade, quer do substrato quer do ambiente porque planta apresenta as folhas ligeiramente descaídas. Isto o que parece a primeira vista. Cuido de 2 mil plantas e tenho larga experiencia deste cultivo.
    Mas a verdadeira razão do meu contacto é de saber onde se consegue comprar os tais vasos transparentes? Tem a fonte onde as compra? Si não deixa estar, não se preocupe pois vou investigar por internet e nas cooperativas locais. Obrigada pelo prazer de ver o seu blogue que esta bonito.
    Obrigada,
    Bożena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bozena, aqui no rio vende em casa de plantas.
      Eu jogo mts vasos fora, se quiser posso mandá-los para vc por correio.
      Como costumo plantar mts em árvores, os vasinhos não me servem mais.
      Bjs Cynthia.

      Excluir
  16. Cynthia,posso usar farinha de osso para adubar uma phal que esteja numa árvore?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriano, não aconselho o adubo orgânico, como é o caso da farinha de osso e da torta de mamona, para cultivadores iniciantes, pois é mais fácil errar e intoxicar a planta.
      Sempre indico adubos químicos e hidrosolúveis, pois, na próxima rega, ele é retirado da planta.
      Ela não é absorvida de imediato, precisa iniciar processo de decomposição/fermentação para depois ser aproveitada pela orquídea. Ela é rica em vários nutrientes e estimula o florescimento.
      Deve ser aplicada com cautela e sempre no canto do vaso oposto a planta.
      Já nas em árvore é muito complicada sua utilização, pois pode acabar entrando em contato direto com as raízes.
      Lembre-se que deve-se usar luvas quando manuseá-la.
      Se vc não estiver habituado, use adubos químicos. São mais fácies de manipular e a absorção é imediata. Ainda mais para cultivo em árvores
      Boa sorte.

      Excluir
  17. OI CYNTHIA ..MEU NOME É NORMIKA E RECENTEMENTE COMPREI ALGUMAS ORQUÍDEAS . UMA DELAS É UMA PHAL COM FOLHAS BEM GRANDES ELA JÁ VEIO COM AS FOLHAS UM POUQUINHO AMARELADAS , DEPOIS DE ALGUNS DIAS NOTEI QUE AS FOLHAS ESTÃO FICANDO MEIO MOLES ,LI NO SE BLOG SOBRE A IMPORTAN CIA DAS REGAS COM A PHAL CORRI E DIMINUI O INTERVALO DAS REGAS MAS NÃO NOTEI MELHORAS NA FOLHAS.... É ASSIM MESMO DEMORA PARA AS FOLHAS SE RECUPERAR NO CASO DA DESIDRATAÇÃO DEVIDO A FALTA DE ÁGUA..... COMO ELA ESTA EM UM VASO TRANSPARENTE PUDE NOTAR QUE AS RAÍZES ESTÃO NUM BOM ESTADO, SOL NÃO É POIS ELA ESTA EM UM LOCAL COM BOA LUMINOSIDADE MAS NÃO RECEBE SOL DIRETO ..DEVO TROCA-Á DE VASO POR FAVOR MIM AJUDE ESTOU COM MEDO DE PERDER MINHA PHAL MIM AJUDE!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Normika.
      Não troque o vaso, o de plástico é o melhor.
      Pode ser baixa umidade do ar, que é bem comum em clima quente.
      Nesse caso, todos os dias de calor, logo de manhãzinha, borrife água nas folhas (não nas raízes, mas se cair algo, tudo bem). Se for possível, observe o tempo que demora para a água evaporar. Se evaporar muito rápido, é pe está bem quente e seco. Nesse caso, você pode colocar plantas próximas a ela e mantê-las úmidas e passar a borrifar água também no meio da tarde. O importante é não molhá-la após 17h, pois não pode estar molhada quando anoitecer, ok?!
      Beijos e boa sorte!

      Excluir