segunda-feira, 25 de junho de 2012

Ganhou uma orquídea? Mas e agora... O que fazer? Parte IV


ADUBAÇÃO
Dúvidas Mais Comuns

Quanto tempo preciso adubar para notar diferença na minha orquídea?
Cada orquídea é única e, por ser um ser vivo, não é possível especificar um tempo para reação ou recuperação. Isso dependerá do estado da sua orquídea e da maneira como ela irá reagir a adubação. O que pode levar de semanas a meses.


Como irei perceber que a adubação está dando resultados?
São diversas maneiras que a orquídea tem para mostrar que seus cuidados estão sendo bem recebidos.
A orquídea pode apresentar um dos sinais abaixo e até vários sinais ao mesmo tempo.
Você irá perceber:
- Surgimento de raízes novas;
- Raízes mais verdes ou prateadas;
- Folhas mais firmes;
- Folhas mais viçosas;
- Surgimento de novas folhas;
- Floração mais abundante;


Qual o momento do dia é ideal para adubar minha orquídea?
O recomendado é no início da manhã ou no fim do dia.
Apenas cuidado com o Gênero Phalaenopsis, pois a noite, como a temperatura cai e aumenta a umidade do ar, se acumular água, seja com adubo ou não, nas axilas da sua Phalaenopsis, isso poderá gerar o apodrecimento desta parte e inclusive levar sua orquídea a morte.
Para este gênero eu recomento a adubação durante o dia.


Preciso ter cuidado com o sol?
Sim e muito!
Um cuidado importante é nunca adubar quando a planta estiver recebendo sol. 
Isso queimará a sua orquídea!
Portanto, opte por adubar horas antes do sol atingir a sua orquídea.


Devo ter cuidado no manuseio de fertilizantes?
Sim!
Todo adubo químico deve ser manuseado com cuidado e devemos evitar o contato com a pele.
São muitas substâncias que compõe esses adubos e não sabemos o que a exposição a eles poderá gerar.
Portanto, use luvas antes de mexer ou ao aplicar o adubo.


Devo adubar no inverno e no verão?
As orquídeas consomem menos água e fertilizantes nos meses frios, época em que seu crescimento é mais lento.
Alguns orquidófilos de países de inverno rigoroso recomendam que se reduza pela metade a quantidade de aplicação.
Eu não sigo esta regra, pois aqui no Rio de Janeiro, a mudança de clima nas estações do ano é muito sutil.
Na maior parte do Brasil as estações do ano não são bem definidas, ou seja, por muitas vezes só sabemos que as estações mudaram devido as datas, mas não percebemos no clima.
Eu adubo igualmente no inverno e no verão, ou seja, não reduzo a fertilização em nenhuma estação do ano.
Se você mora em regiões onde o inverno é bem rigoroso, espace as adubações neste período. Se o recomendado no rótulo do fabricante é de 15 em 15 dias, passe a aplicar a cada 30 dias durante o inverno.


Devo adubar a orquídea com flor?
Sim e não. Depende do gênero.
A única orquídea que aproveita o adubo até quando está florindo é a Vanda.
As demais, não aproveitam o adubo, então adubar nesta época é jogar adubo fora.
Eu suspendo a aplicação de fertilizantes sempre que minhas orquídeas estão em flor, e só retorno após a queda delas.
As únicas que recebem adubação o ano inteiro, são as minhas orquídeas Vanda.


Por que os rótulos de adubos tem números diferentes?
Você já deve ter percebido que no rótulo do adubo costuma ter 3 números escritos. Ex: 10-10-10.
Esses números indicam respectivamente a quantidade de nitrogênio(N), fósforo(P) e potássio(k), estes são macronutrientes, aqueles nutrientes que a orquídea precisa em maior quantidade.
Mas além dos macronutrientes, os adubos também contém micronutrientes (zinco, cobre, magnésio...), que apesar de serem absorvidos em menor quantidade, também são necessários para um exemplar saudável.
Enfim...
Existe esta diferença entre eles para alcançar objetivos específicos .


Para que serve cada combinação de macronutrientes?
Adubo com maior concentração de nitrogênio e partes iguais de fósforo e potássio é indicado para o crescimento. Algumas fórmulas são: 15-5-5 ou 30-10-10
Já aquele adubo que contém maior quantidade de fósforo, um pouco menos de potássio e menos ainda nitrogênio, é indicado para floração. As fórmulas mais comuns são: 5-15-10 ou 10-30-20.
Já o adubo indicado para enraizamento, mas que também é usado para floração é o 08-45-14.


Quando devo usar o adubo de crescimento?
O adubo de crescimento deve ser usado exatamente na fase em que a orquídea começa a colocar novas folhas. 
Para facilitar saber quando começar a utilizá-lo, eu simplifico dizendo que é após a queda das flores.
Você pode parar de usá-lo quando as folhas atingirem o seu tamanho similar ao das demais.


Quando devo usar o adubo de floração?
O adubo de floração é para estimular uma bela florada.
 Se desejar ver em tamanho maior, basta clicar sobre a imagem
Vou tentar simplificar sempre ao máximo as explicações, então aconselho que você comece a usá-lo quando sua orquídea estiver apontando uma haste ou uma espata (Foto ao lado).
Interrompa o uso após os botões se abrirem.
Só não interrompa a adubação na fase de floração se sua orquídea for uma Vanda.


Quando devo usar o adubo de enraizamento?
Quando perceber que sua orquídea está com um sistema radicular debilitados, ou seja, com poucas raízes saudáveis.
Uma raiz saudável é uma raiz com a cor verde ou verde-prateada ou prateada.
Raízes escuras é sinal de que está apodrecida.
Você pode usar o enraizador em qualquer época, desde que sua orquídea necessite.


Eu preciso ter vários adubos? Existe algum que eu possa usar sempre?
Sim!
Existem adubos chamados de adubos de manutenção.
Estes podem ser usados em qualquer época, pois garante um desenvolvimento equilibrado.
Para saber qual é o adubo de manutenção, basta ver se no rótulo os 3 números são iguais, ou seja, se ele tem a mesma concentração de nitrogênio, fósforo e potássio.
Geralmente o mais vendido é o : 10-10-10
Mas também é comum achar adubo de manutenção com a formulação 20-20-20 ou 30-30-30.
Observe que em todos eles a quantidade se repete.






Recomendo que você leia a postagem anterior sobre este tema: Parte III.
E também a postagem: Saiba Mais sobre adubação.


Espero que este texto tenha sido útil para você!

Tem mais dúvidas? Comente!!

Ajude a deixar o blog mais completo!!

9 comentários:

  1. Respostas
    1. Que bom! Se tiver sugestões, fique à vontade!!!
      Beijos,
      Cynthia

      Excluir
  2. Olá Cynthia.

    Quanto devo colocar do adubo químico já diluido em cada vaso? Devo borrifar só superficialmente, ou borrifar até ficar bem úmido? Outra dúvida é quando devo iniciar com cada adubo: floração e crescimento?

    Agradeço mais uma vez..
    Fique com Deus

    Beijos *-*

    Aline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline,
      O adubo de floração, você pode aplicar assim que a orquídea começar a emitir uma espata ou haste floral. Se você souber quando é a época que ela floresce, comece a adubar de 2 a 3 meses antes desta época.
      Quando a quantidade de adubo, eu sempre molho minhas orquídeas no dia anterior ou algumas horas antes de adubar.
      Como o substrato estará úmido e as raízes ativas, basta aplicar o substrato sobre a superfície com o borrifador. Molhe as raízes que estiverem fora do substrato também. Nesse caso de regar antes, você não precisa usar muito adubo, mas se ela não tiver sido regada, você vai usar a água do adubo como rega.
      Eu rego antes para evitar o desperdício de adubo que escorrerá pelo vaso. Esse adubo irá pelo ralo para as vias pluviais e poluirá o meio ambiente.
      Então...
      Basta borrifar em quantidade que umedeça a superfície do vaso, que ela escorrerá naturalmente para as raízes.
      Beijos,
      Cynthia

      Excluir
  3. ola cynthia. minha orquidea esta com botoes devo adubar aqui e muito frio tem alguma interferencia morro em santa catarina desde ja muito agradecida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ela está com botões, você pode adubar até os botões abrirem. Pare depois que as flores abrirem.
      Volte adubar mais ou menos um mês depois que as flores caírem.
      Se sua orquídea for de frio, ótimo, agora se for de clima mais quente, proteja-a do vento frio.
      Beijos,
      Cynthia

      Excluir
  4. Olá, eu tenho um adubo granulado 10-10-10.Como eu uso ele na orquídea com substrato de casca de pinus? Posso usar o adubo 4-14-8 nelas?
    Obrigada e um bom dia!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana Paula,
      Os adubos granulados em geral são para serem diluídos. Dá uma olhadinha no rótulo, pois deve estar explicando qual a proporção da diluição.
      Dependendo da concentração pode ser para diluir em 500ml, em 1l ou em 2 l de água.
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  5. boa tarde, tenho muitas duvidas, troquei o substrato de duas mudas de catleya q já estavam num vaso pequeno demais na semana passada, hj pela manha quando fui molha-las notei q sairam varios insetos parecidos com aranhas, algumas formigas diferentes carregando uns ovinhos e alguns insetos q pelo q andei pesquisando sao percevejos, entao eu mergulhei esses vasos em uma bacia com agua e as aranhas e as formigas começaram a boiar na agua, retirei as mudas do substrato lavei as mudas e o substrato deixei de molho em agua sanitaria depois as replantei no mesmo substrato pois tinha trocado semana passada, o q eu devo usar para afastar essas pragas ja q olhei e as aranhinhas continham saindo. to desorientada, ouvi falar em usar o spb casa e jardim mas tenho medo, por favor me ajude já perdi muitas orquideas por nao saber como acabar com essas pragas. obrigado

    ResponderExcluir