terça-feira, 15 de maio de 2012

Ganhou uma orquídea? Mas e agora... O que fazer? Parte I


Se você adquiriu recentemente uma orquídea...
Leia esta postagem e aproveite as outras dicas do meu blog.
Aqui você descubrirá a melhor forma de cultivá-la!

 
O cultivo de orquídeas não é difícil, com um pouco de conhecimento e dedicação, você terá a alegria de ver sua planta florir e iluminar a sua casa.
Para o sucesso no cultivo, você precisa saber de alguns segredinhos que irão ajudá-lo a entender o que sua orquídea quer, precisa e gosta!

Para crescerem saudáveis as orquídeas precisam de:
Luz, Ventilação, Alimento, Calor, umidade e rega. 

Lembrando que, a família das orquídeas (orquidaceas) é composta por um numeroso grupo de gêneros e espécies. Cada gênero tem uma preferência, portanto é aconselhado que você pesquise qual é a sua orquídea para garantir um ambiente e cuidado adequados para o seu bom desenvolvimento.
Os gêneros mais comuns no Brasil são: Cattleya, Laelia, Phalaenopsis, Dendrobium, Oncidium, Vanda, Cymbidium, Epidendrum, Miltonia e Paphiopedilum.

Vamos começar então...








LUZ OU LUMINOSIDADE


Como qualquer outra planta, as orquídeas também realizam fotossíntese e precisam da luminosidade do sol para isso. Dependendo do gênero e da espécie da sua orquídea, a luminosidade ideal pode variar entre 25% e 75%.
Quando falamos em luminosidade, é comum ouvir termos como sombra, meia sombra, sombra leve e sol direto. Mas vamos entender melhor?

 
Sol direto/Pleno sol:
Quando dizemos que a orquídea deve ficar a sol direto ou pleno sol, queremos dizer que deve-se evitar que ela receba sombra de outras plantas e que ela deve se beneficiar da incidência de raios solares em algumas horas por dia.

Sombra leve:
São orquídeas que preferem ambientes claros, com poucas horas de sol ou, dependendo do gênero, sem sol direto, mas com luminosidade em torno de 75%.

Meia sombra:
Como o nome já diz, ela deve estar exposta a 50% de luminosidade. Geralmente orquídeas com essa preferência, não devem receber sol direto, pois correm risco de facilmente terem queimaduras nas folhas.

Sombra:
Em grupo menos comum, as orquídeas de sombra, são as que precisam de pouquíssima claridade. Mas atenção! Mesmo quando dizemos sombra, a luminosidade nunca será zero. Nesses casos, é indicado 25% de luminosidade e a orquídea nunca deverá receber sol direto nas folhas.

Ficou com dúvida ou quer saber mais sobre luminosidade. Visite este tópico que selecionei para você:



 

VENTILAÇÃO



Um erro muito comum no início de cultivo é achar que orquídea gosta de vento. Afinal, estamos falando que ela precisa de ventilação.

O termo ventilação está mais relacionado a necessidade da planta estar em um local em que haja troca de ar, ou seja, é arejado.

Orquídeas não gostam de receber vento, de serem sacudidas, mas uma brisa suave que renova constantemente o ar, é excelente para o seu desenvolvimento.

Os ventos mais fortes, aqueles conhecidos como "vento encanado", que são ótimos para secar a roupa do varal, são péssimos para as orquídeas, pois causam instabilidade.




 
TEMPERATURA



Em diversas regiões do nosso País, as condições para o cultivo de orquídeas são ótimas. A maioria das orquídeas gosta do nosso clima de temperatura mais tropical.

Para ter um bom desenvolvimento e belas floradas, em geral as orquídeas gostam de temperaturas entre 18° e 28° C.

Cultivar orquídeas em temperaturas muito baixas ou muitos altas exige maior dedicação do cultivador, pois a maioria delas não suporta climas muito frios ou excessivamente quentes.


Para saber se o local escolhido para cultivar a sua orquídea esta muito quente, basta tocar nas folhas dela. Se estiverem quentes ou mornas, quer dizer que está muito calor, se estiverem em temperatura agradável, levemente frescas, o ambiente está ideal. Quando for sentir as folhas, opte por encostá-las em seu rosto(bochechas), que é uma parte sensível do nosso corpo e ajudará a perceber melhor a temperatura.




Continue lendo sobre isto. 
Veja também os links abaixo:

17 comentários:

  1. Obrigada pelas dicas.Adorei seu blog.Voltarei mais vezes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom!
      Fico feliz!
      Volte sempre! risos

      Excluir
  2. Seu blog é um achado...estou tentando cuidar das orquideas...não conheço nada...dureza...cada lugar fala uma coisa.
    espero que suas atualizaçoes apareça no meu blog...
    bjinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz com o seu carinho!

      O cultivo de orquídeas é muitas vezes empírico, o que dá certo para um, para outro não dá. Até pq o Brasil, grande do jeito que é, tem vários tipos de temperatura, umidade, incidência solar... Cada região tem suas características.

      Com o tempo, muita leitura e suas próprias experiências, você vai descobrir os macetes e ficará mais fácil cultivá-las.

      Pode contar comigo para o que precisar!

      Beijinhos

      Excluir
  3. Olá, Estou adquirindo orquideas este ano, comprei minha primeira em janeiro e depois não parei mais. Gostei muito das phalaenopsis e dendobrium. Qual o ambiente ideal para elas?
    abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dendobrium precisa de um pouco mais de claridade.
      Já a Phalaenopsis é de meia sombra, e muito cuidado com o sol, pois pode queimar as folhas.
      A Phal pode ser cultivada dentro de casa, Já a Dendrobium é ideal para lugares mais claros.
      Beijos!

      Excluir
  4. Olá gostaria de saber se quando diluo o adubo em agua pra fazer a adubação, posso guardar o já diluido que sobrar pra usar uma proxima vez ou tenho que desprezar, grata desde já agradeço.
    Viviane.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viviane,
      É bom entrar em contato com o fabricante do produto.
      Tem fabricante que diz que isso pode prejudicar a qualidade da adubação.
      Eu costumo fazer rega nutritiva, ou seja, diluo o adubo para fazer a adubação em todas as regas (leia mais na postagem sobre adubação), como as de árvores e placas eu molho diariamente, o que sobra eu uso no dia seguinte.
      Quando faço adubação semanal, eu uso o que sobrou em outras plantas do meu jardim, pois nesse caso ficariam muitos dias preparado.
      O ideal, se for aproveitar de um dia pro outro é deixar bem lecrado e protegido da luz.
      Beijos...

      Excluir
  5. Bom dia, a minha orquídea é uma Phal ganhei e como não sabia de nada deixei ela muito exposta à luz solar... o que ocasionou em desidratação e perda total das folhas. Vi seu vídeo sobre a UTI e improvisei o meu aqui, vi que meu fertilizante é 8-8-8% acrescido de enxofre, qual você me recomenda para enraizamento?? e a perda total das folhas influencia na vida dela? já cortei as raizes podres e secas e observei umas que estão vivas.

    Grata pela atenção!! aguardo resposta, pois estou apaixonada pela minha e louca para cuidar melhor delaa...rsrsrs

    Larissa Lins
    laris.lins@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larissa,
      Você pode usar um adubo enraizador (eu uso biofert), quem tem a possibilidade de ir para fora do Brasil encontra facilmente hormônios enraizadores, estes tem um resultado absurdo!
      Mas o adubo enraizador dá ótimos resultados.
      BJS,
      Cynthia

      Excluir
  6. OI cynthia, estou entrando no mundo das orquídeas agora, porque mudei de casa e tenho uma varanda enorme que me permitira o cultivo delas. Queria tirar uma dúvida o abudo enraizador (biofert) vc aplica após a planta da orquídea? Comprei algumas mudas e gostaria de saber, após plantá-las qual deve ser o procedimento de adubagem. Arproveitando comprei o adubo 20-20-20 da valagro junto com elas, devo comprar o enraizador também? Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Angela,
      Você não comprou elas em vaso?
      As mudas estão soltas?
      Primeiro eu preciso entender se é plantar ou replantar.
      Elas estão floridas?
      Bjs

      Excluir
  7. Olá, tenho minhas orquídeas no pátio, mas de baixo de um telhado..... não pegam Sol diretamente, mas pegam claridade e bastante ventilação. Será que estábom assim ? Também comprei um fertilizante pra floração, devo borrifar somente na raiz ou folhas também? Obrigada

    ResponderExcluir
  8. Olá...
    Minha chuva de ouro na semana seguinte após cair as flores, os bulbos delas começaram ficar amarelos e murcharam. O q será q aconteceu?

    ResponderExcluir
  9. Olá...
    Minha chuva de ouro na semana seguinte após cair as flores, os bulbos delas começaram ficar amarelos e murcharam. O q será q aconteceu?

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho uma Phalaenopsis, mas vivo na Holanda. Normalmente aqui é muito frio. Agora no verão ficamos entre 18 a 23 graus. Ela está na sala e bem clara e recebe raios solares algumas horas por dia. Quanto a rega. Deve ser todo dia?
    A raiz estão sempre úmidas. É normal?
    Quero outras espécies pois amo essa flores. Abraços,

    ResponderExcluir
  11. Eu tenho uma Phalaenopsis, mas vivo na Holanda. Normalmente aqui é muito frio. Agora no verão ficamos entre 18 a 23 graus. Ela está na sala e bem clara e recebe raios solares algumas horas por dia. Quanto a rega. Deve ser todo dia?
    A raiz estão sempre úmidas. É normal?
    Quero outras espécies pois amo essa flores. Abraços,

    ResponderExcluir