sexta-feira, 16 de maio de 2014

Fazendo mudas de orquídeas - Parte I: Divisão de touceira



Este manual é muito interessante.

Foi escrito por Max Alexandre Santos e ele mostra detalhadamente nas fotos, como fez a divisão de sua orquídea que preenchia o vaso todo.

A divisão de touceira é uma maneira muito praticada por orquidófilos e uma ótima forma de aumentar a sua coleção de orquídeas.

Mas, antes de dividir uma orquídea, saiba que isso não se faz com todas as orquídeas, apenas as de crescimento simpodial, como é o caso da Laelia, Cattleya...

Agora, que você já se informou direitinho se sua orquídea pode ser dividida, vamos ao manual...

Esta é a matriz, a planta original, antes da divisão:



Agora acompanhe as fotos do mini-curso...
E vocês já sabem... para aumentar as imagens, basta clicar sobre elas.







É importante que cada muda fique com pelo menos 3 pseudobulbos!



Acredito que tenham ficado algumas dúvidas: é obrigatório dividir a orquídea? Quantos pseudobulbos tenho que deixar em cada muda e por que? Quais os cuidados devo ter na hora da divisão? Devo cortar as raízes?...

Então, aconselho a ler esta matéria que fiz sobre a divisão de mudas, antes de sair cortando as suas orquídeas!



A próxima matéria é a continuidade deste curso. 

A parte II é sobre o plantio dessas 4 mudas. 


Fonte: Manual Clube do Jardim, de Max Alexandre Santos.

12 comentários:

  1. Respostas
    1. Que bom que gostou, Rosangela!
      Obrigada pelo feedback!
      Bjs, Cynthia

      Excluir
  2. Olá, Cynthia!! Sempre compartilhando seus conhecimentos, muito obrigada!!!!.. beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Larissa!
      Você é sempre muito atenciosa!
      :)

      Excluir
  3. Oi Cynthia! eu e minhas dúvidas! tenho algumas phals q preciso trocar o substrato, a troca do substrato interfere na floração? pois muitas estão iniciando o processo de floração ou vão iniciar ainda este ano. Marisa Blumenau/SC

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marisa, deixe para trocar algumas semanas após o fim da floração.
      Existem fases na orquídea.
      Depois da floração, inicia a dormência, e logo em seguida o crescimento.
      A melhor fase de reenvasamento é no período de crescimento.
      É fácil de identificar pq é qd a planta começa a emitir raízes/folhas novas.
      Trocar antes e durante pode interferir no desenvolvimento dela e antecipar o período de dormência.
      Bjs, Cynthia.

      Excluir
  4. Olá! Adorei seu blog! Sou uma amante e curiosa das orquídeas. Gostaria de saber se podemos cortar a haste de uma vanda, após
    suas flores murcharem!
    Obg, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jane, pode cortar sim. Na verdade não há regra. Tem gente que prefere cortar só depois que a haste seca e outros que preferem cortar assim que as flores caem.
      Eu costumo esperar ela começar a secar e corto mais ou menos a 1cm da base.
      Bjs,
      Cynthia

      Excluir
  5. Cynthia, que bom que encontrei alguém para tirar dúvidas. Eu andei comprando mudas de catléyas, (mudas bebe), eles vem em vasos bem pequenos, acha que devo mudá-los para vasos maiores?
    obrigada

    ResponderExcluir
  6. Cynthia, tem duas assim, em vasos. Vou fazer. Uma está com flores.Devo esperar.
    A outra não.
    Mas, queria usar o adubo orgânico. Aqui não encontro. Poderia indicar?

    ResponderExcluir